Diferenças entre edições de "Sophia Loren"

8 bytes removidos ,  01h11min de 18 de fevereiro de 2016
Pequeno ajuste
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
(Pequeno ajuste)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
Trabalhou com grandes diretores como [[Vittorio De Sica]], [[Federico Fellini]], [[Ettore Scola]], [[Robert Altman]], [[Lina Wertmüller]], entre outros.<ref>[http://eurochannel.com/pt/Sofia-Ontem-Hoje-e-Amanha-Massimo-Ferrari-Italia.html Apresentação do documentário Sofia: Ontem, Hoje e Amanhã]</ref>
 
Sophia Loren ganhou fama mundial em 1962, quando recebeu o [[Oscar de Melhor Atriz]] pelo filme '''[[Duas Mulheres (1960)|Duas mulheres]]''', que também lhe rendeu o prêmio de [[Anexo:Lista de atrizes premiadas no Festival de Cannes|Melhor Atriz no Festival de Cannes]]. Durante a [[década de 1960]], Loren foi uma das estrelas de cinema mais populares do mundo, sendo considerada, inclusive, um dos grande símbolos sexuais de seu tempo assim como [[Brigitte Bardot]].<ref>http://zh.clicrbs.com.br/rs/entretenimento/noticia/2014/09/musas-do-seculo-20-sophia-loren-e-brigitte-bardot-chegam-aos-80-anos-4602169.html</ref> Sua carreira atingiu o auge em 1964, quando recebeu 1 milhão de dólares para estrelar o filme [[A Queda do Império Romano]].<ref>http://www.imdb.com/name/nm0000047/bio?ref_=nm_dyk_qt_sm#quotes</ref>
 
Lina Wertmüller desejava filmar [[Tieta do Agreste (livro)|Tieta]] de [[Jorge Amado]], antes da produção de [[Cacá Diegues]] e a protagonista seria Sophia Loren.<ref>{{citar web |url=http://www.nytimes.com/1982/06/22/movies/sophia-loren-to-start-wertmuller-s-tieta.html |publicado=Nytimes.com |data= |acessodata=20 de setembro de 2011 |autor= |obra=[[The New York Times]] |título=Sophia Loren to Start Wertmuller's 'Tieta |língua=inglês}}</ref>
288

edições