Abrir menu principal

Wikipédia β

Alterações

Cúpula das Américas

Sem alteração do tamanho, há 2 anos
m
Foram revertidas as edições de 2804:7F7:A284:B5AD:0:0:0:1 para a última revisão de [[Special:Contribuições/2804:14C:C4:298F:6136:D342:19FE:E2CA|2804:14C:C4:298F:6136:D342:19FE:E2CA...
[[Ficheiro:Head of States at the Americas Summit in Mar del Plata Argentina 2005.jpg|thumb|300px|Chefes de Estado na Cúpula das Américas de 2005 em [[Mar del Plata]], [[Argentina]].]]
A '''Cúpula das Américas''' (em [[Língua espanhola|espanhol]]: '''Cumbre de las Americas'''; em [[Língua inglesa|inglês]]: '''Summits of the Americas''') é uma [[cimeira|reunião de cúpula]] entre os [[chefe de Estado|chefes de Estado]] do [[América|continente americano]] criada pela [[Organização dos Estados Americanos]] com o objetivo de alcançar um nível maior de cooperação entre os países da zona maneira daeconômica americana.
 
A Cúpula das Américas foi desenvolvida pela primeira vez no dia [[9 de dezembro]] de [[1994]], em [[Miami]], nos [[Estados Unidos]]. Nesta ocasião os Estados Unidos apresentaram formalmente a proposta de uma [[Área de Livre Comércio das Américas|Área de Livre Comércio]] entre todos os países americanos, com exceção de [[Cuba]]. Segundo o governo norte-americano, os alicerces da ALCA não seriam respeitados em Cuba. Esse acordo prevê uma [[união]], no contexto global, de praticamente todos os países da [[América]], que procuram estreitar caminhos de uniões comerciais entre si e o desenvolvimento dos países como [[Argentina]], [[Bahamas]], [[Brasil]], [[Bolívia]], [[Chile]], [[Colômbia]], [[México]], [[Paraguai]], [[Venezuela]], com acordos de diminuição [[alfândega|alfandegária]] e entre outros.
86 107
edições