Abrir menu principal

Alterações

1 byte removido, 13h56min de 14 de março de 2016
largura
O músculo liso se encontra nas paredes de órgãos ocos, tais como os [[vaso sanguíneo|vasos sanguíneos]], na [[bexiga]], no [[útero]] e no [[trato gastrointestinal]]. O músculo liso está presente nestes órgãos pois, por contracções [[peristaltismo|peristálticas]] controladas automaticamente pelo [[Sistema Nervoso Autónomo]], tem o papel preponderante de impulsionar [[sangue]], [[urina]], [[esperma]], [[bile]].
 
As células do músculo liso podem também reagir a estímulos vindos de células vizinhas ou a hormonios (vasodilatadores ou vasoconstritores). Nestas células, os canais de cálcio induzem contracção. São geralmente organizadas em folha ou em fascículos e são mantidas unidas e em contacto intercitoplasmático por ''gap junctions'' (junções de hiato). No estado relaxado tem forma de fuso, têm de 25-50 µm de comprimento e 5 µm de largura.
 
O mecanismo pelo qual factores externos estimulam o crescimento e rearranjo destas células ainda não está completamente esclarecido. Pensa-se que factores como o de [[fator de crescimento derivado de plaquetas|crescimento derivado de plaquetas]] (PDGF), o [[factor de crescimento do endotélio vascular]] (VEGF), o [[factor de crescimento transformante B]] (TGF-B) e o [[factor de crescimento dos fibroblastos]] (FGF) estejam envolvidos. Estas células são capazes de produzir a sua própria [[matriz extracelular]]. Quando criadas em cultura fora do organismo, estas células tendem a diferenciar-se num fenótipo sintético, que não é capaz de contrair.
Utilizador anónimo