Diferenças entre edições de "Maurício, Príncipe de Orange"

288 bytes adicionados ,  19h17min de 20 de março de 2016
sem resumo de edição
{{Sem-fontes|data=julho de 2015}}
{{Ver desambig|o príncipe cognominado "o Brasileiro"|João Maurício de Nassau}}
[[Ficheiro:Michiel Jansz van Mierevelt - Maurits van Nassau, prins van Oranje en Stadhouder.jpg|thumb|upright=0.85|Maurício de Orange.]]
'''Maurício de Orange-Nassau''' ([[14 de novembro]] de [[1567]] - [[23 de abril]] de [[1625]]), [[militar]] [[Holanda|holandês]] e destacado líder político na [[guerra dos oitenta anos]]. Era filho de [[Guilherme, o taciturno]]. Tornou-se [[príncipe de Orange]] em [[1618]], sucedendo o irmão [[Felipe Guilherme, Príncipe de Orange|Felipe Guilherme]] em [[1618]].<ref>[[Herbert H. Rowen]], ''The princes of Orange: the stadholders in the Dutch Republic''. Cambridge and New York: Cambridge University Press, 1988.</ref>
 
Durante o reinado de Maurício, a Holanda lutava para se tornar independente da [[Espanha]] na [[guerra dos oitenta anos]]. Até Maurício assumir o controle, a [[Revoltas holandesas|revolta contra os espanhóis]] era desorganizada. Ele organizou as tropas, mandou construir a [[Linha de água Holandesa]] e venceu várias batalhas importantes, que levaram a uma [[Trégua dos 12 anos|trégua de 12 anos]], terminada em [[1621]]. Suas tentativas de negociar com a Espanha depois da trégua não foram bem sucedidas. <ref>Roberts, Michael. ''The Military Revolution 1560–1660'' in Rogers, Clifford. ''The Military Revolution Debate,''. ISBN 978-0-8133-2054-0</ref>
 
Maurício nunca casou e foi sucedido por seu irmão [[Frederico-Henrique, Príncipe de Orange|Frederico-Henrique]].
 
{{referências}}
 
{{Começa caixa}}