Diferenças entre edições de "Down Argentine Way"

125 bytes adicionados ,  17h30min de 21 de março de 2016
 
=== Produção ===
O título provisório do filme erafoi ''"South American Way"''. Doente na época, [[Alice Faye]] foi substituída por [[Betty Grable]], esse seria o primeiro grande papel da atriz, que já havia feito participações em filmes da [[RKO Pictures |RKO]] e [[Paramount Pictures |Paramount]]. Grable se apresentava em um ato com [[Jack Haley]] na [[Feira Mundial de Nova Iorque de 1939-40 |Feira Mundial]], quando um caçador de talentos da [[20th Century Fox]] a viu. O estúdio assinou com ela um contrato de longo prazo, em que ambos concordaram em adiar, devido Grable fazer parte do musical da [[Broadway]], ''"DuBarry Was a Lady"''. "Não havia nenhuma garantia de que ''DuBarry Was a Lady'' seria algo sólido", disse Grable "mas as duas coisas aconteceram." Down Argentine Way deu-lhe "uma oportunidade única em vida", apresentado-lhe ao grande publico. "O azar de Alice [Faye] era a minha sorte ... com a mesma oportunidade que o filme me proporcionou," disse ela.<ref>{{citar web|url=http://books.google.com.br/books?id=Y0Gf4vuOJuwC&pg=PA139&dq=down+argentine+way&hl=pt-BR&sa=X&ei=rk89VLrrB4nGggS4uYGYBA&ved=0CEQQ6AEwBQ#v=onepage&q=down%20argentine%20way&f=false|titulo=Alice Faye: A Life Beyond the Silver Screen|autor=Jane Lenz Elder|data=|publicado=|acessodata=14 de outubro de 2014}}</ref>
 
O ator [[Cesar Romero]] foi escalado para o elenco, mas devido problemas de saúde (ele foi diagnosticado com [[Febrefebre paratifoide]]) foi substituído por [[Leonid Kinskey]], a ausência de Romero em ''"Down Argentine Way"'', reduziu o número de membros do elenco latino-americanosamericano, deixando apenas [[Carmen Miranda]] para dar uma sensação de autenticidade noao primeiro filme do ''ciclo latino'' que a [[20th Century Fox]] produziria. Esse é o primeiro filme de [[Carmen Miranda]] em [[Hollywood]], a trama gira em torno de um milionário que cria cavalos de raça e vai negociá-los em [[Nova York]]. Ele é argentino. Carmen, maior artista do Brasil na época, não tem fala e só aparece cantando. O filme de 1940 é o retrato de uma época: a [[Argentina]] era um país rico, tinha a maior economia da [[América Latina]] e um [[PIB]] quatro vezes maior do que o do [[Brasil]].<ref>{{citar web|url=http://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2014/07/argentina-da-calote-na-divida-externa-pela-segunda-vez-em-treze-anos.html|titulo=Argentina dá calote na dívida externa pela segunda vez em treze anos|autor=Jorge Pontual / Délis Ortiz|data=31 de julho de 2014|publicado=[[Jornal da Globo]]|acessodata=01 de agosto de 2014}}</ref>
 
O material contido nos scripts revela que o escritor Roman Romero elaborou um esboço preliminar para este filme, o chefe do estúdio, [[Darryl F. Zanuck]], decidiu fazer um [[remake]] baseado no filme ''"[[Kentucky (1938) |Romance do Sul]]"'' (1938). O romancista John O'Hara também trabalhou em uma versão do roteiro. Fontes incluem a atriz [[Elena Verdugo]] no elenco em um papel pequeno, podendo ter sido esse seu primeiro filme.<ref>{{citar web|url=http://www.afi.com/members/catalog/DetailView.aspx?s=&Movie=4656|titulo=American Film Institute Catalog: Down Argentine Way|autor=|data=|publicado=[[American Film Institute]]|acessodata=30 de maio de 2014}}</ref>
 
=== Números Musicais ===
Utilizador anónimo