Diferenças entre edições de "Arte rupestre na região de Ha’il"

321 bytes adicionados ,  06h15min de 25 de março de 2016
m
Incluindo inf UNESCO (região, extensão) e atualizando texto (falta ainda dar mais inf e lig int e ext)
m
m (Incluindo inf UNESCO (região, extensão) e atualizando texto (falta ainda dar mais inf e lig int e ext))
{{Info/Património Mundial
|Nome = Arte rupestre na região de Ha’ilHail na Arábia Saudita
|imagem =
|imagemlegenda=
|Estado_parte = {{SAU}}
|Tipo = Cultural
|Critério = (i), ;(iii)
|ID = 1472
|Link = http://whc.unesco.org/en/list/1472
|Região = [[Lista do Património Mundial nanos ÁsiaEstados e OceaniaÁrabes|Ásia eEstados OceaniaÁrabes]]
|Coordenadas = {{coordCoor dms |latd=28 |latm=0,0 |lats=38 |latNS=N |longd= 40 |longm=54 |longs=47|longEW=E}}
|Ano = 2015
|extensão = 2,044 ha (20.440 mt²) // área de proteção = 3,610 ha (36.100 mt²)
|Sessão = 39.ª
}}
O sítio '''Arte rupestre na região de Ha’ilHail na Arábia Saudita''' ({{lang-ar|الفنون الصخرية في منطقة حائل}}) éestá olocalizado nomeem comuma queregião desértica e é designadocomposto de duas áreas: Jabel Umm Sinman em Jubbah e o sítioJabal classificadoal-Manjor comoand PatrimónioRaat em Shuwaymisé compreendendo parte da região sudoeste do Grande Deserto de MundialNefud na [[Arábia Saudita]].
 
Os melhores e mais antigos exemplos de [[arte rupestre]] datada do [[Neolítico]] na Arábia Saudita encontram-se na região de [[Jubbah]], a noroeste da cidade de [[Ha’il]], e em Shuwaymis, a sudoeste de Ha’ilHail e perto da cidade de [[al-Hayit]]. O sítio classificado abrange os dois locais: Jabel Umm Sinman, em Jubbah, e Jabal al-Manjor e Raat, em ShuwaymisShuwaymisé. Ficam numa região doda sulsudoeste do [[desertoDeserto de Nafud]]Nefud que foi antigamente um lugar muito procurado, porque no sopé do monte Umm Sinman existia um lago, hoje desaparecido, que garantia uma fonte de água fresca a homens e animais. Os antepassados dos atuais habitantes árabes deixaram gravados nas rochas traços da sua passagem, representando homens, animais e outras figuras, num conjunto de arte rupestre que cobre dez mil anos de história<ref name="publico">{{citar web|URL=http://www.publico.pt/culturaipsilon/noticia/unesco-soma-24-sitios-a-lista-do-patrimonio-mundial-1701415?page=-1|título=UNESCO soma 24 sítios à lista do património mundial|autor=publico.pt|data=|publicado=|acessodata=7-5-2015}}</ref>..
 
A UNESCO inscreveu o sítio da arte rupestre na região de Ha’il na lista de [[Património Mundial]] em 2015<ref name="publico"/>
534

edições