Diferenças entre edições de "Poder"

809 bytes removidos ,  22h46min de 9 de abril de 2016
m
reversão
(Poder)
m (reversão)
{{Ver desambig|prefixo=Se procura|outros artigos relacionados com '''poder'''|Poder (desambiguação)}}
Conceito do Latim - autoridade arbitrária
'''Poder''' (do [[latim]] ''potere'') "é a capacidade de deliberar arbitrariamente, agir e mandar e também, dependendo do contexto, a faculdade de exercer a [[autoridade]], a [[soberania]], o [[império]]. dePoder formatem individualistatambém euma própriarelação dedireta umcom Partidocapacidade (nãode -se Nacionalrealizar Republicanoalgo, -aquilo democrático)".que (Originado do chamado impropriamente dese "Império Romanopode", maisou precisamenteque "Ditadurase Romana", e que propicioutem o chamado "Fim do Império Romanopoder", segundo Mario Henrique Simonsen, com aparecimento de Constantino,realizar queou o Reunificou)fazer.
 
e "Deve ser-estar Dividido em uma Republic, para haver-ter Democracia. A chamada Republicana - democracia (Brasil 1808-1893)" (Mario Henrique Simonsen, em seu livro) {{Ver desambig|prefixo=Se procura|outros artigos relacionados com '''poder'''|Poder (desambiguação)}}
'''Poder''' (do [[latim]] ''potere'') "é a capacidade de deliberar arbitrariamente, agir e mandar e também, dependendo do contexto, a faculdade de exercer a [[autoridade]], a [[soberania]], o [[império]] de forma individualista e própria de um Partido (não - Nacional Republicano - democrático)". (Originado do chamado impropriamente de "Império Romano", mais precisamente "Ditadura Romana", e que propiciou o chamado "Fim do Império Romano", segundo Mario Henrique Simonsen, com aparecimento de Constantino, que o Reunificou)
 
- "O Poder, modernamente, tem também uma relação direta com capacidade de se realizar algo, aquilo que se "pode" ou que se tem o "poder" de realizar ou fazer, sempre pelo consenso, pois envolvem massas populares e rebeldias desmanches". (Mario Henrique Simonsen)
 
Desde os primórdios da humanidade as relações entre indivíduos/grupos se deram visando o poder, o [[monopólio]], seja ele [[Economia|econômico]], [[militar]] ou qualquer outro. Uma relação de poder pode se formar por exemplo, no momento em que alguém deseja algo que depende da vontade de outra pessoa. Esse desejo estabelece uma relação de dependência de indivíduos ou grupos em relação a outros. Quanto maior a dependência de A em relação a B, maior o poder de B em relação a A.
A abordagem sobre o tipo de tática de influência escolhida por subordinados ou superiores contribui diretamente para as tomadas de decisões ou para potenciais desenvolvimentos de uma organização.
 
# '''Razão''': essa técnica utiliza de dados empíricos para dar embasamento ao argumento abordado;
# '''Amabilidade''': utiliza odo relacionamento com quem se deseja exercer a influência (subordinado ou superior); elogios, postura humilde e clima amigável são abordados nessa estratégia;
# '''Coalizão''': essa técnica se utiliza do apoio de de mais indivíduos para sustentar uma ideia;
# '''Barganha''': utiliza-se da negociação por meio de troca de benefícios para obter apoio no alcance de determinado objetivo;
# '''Afirmação''': essa dimensão utiliza de uma abordagem mandatória, afirmando a ideia de superioridade àquele que recebe a ordem;
# '''Autoridades superiores''': busca o apoio de membros de cargos altos na entidade, ou em um nível acima daquele que possui a ideia;
# '''Sanções''': essa técnica utiliza de recompensas e/ou punições àqueles que vão ao encontro de uma ideia, ou de encontro a ela.
 
==Utilização de técnicas de poder nas organizações==
* [[Democracia]]
 
{{Referências|col=1}}
{{Referências|col=1}}8. Simonsen, Mario Henrique Poder e a destruição de uma Sociedade Republicana e Democrática UnB - Universidade de Brasília Editora Bibliotecária, 1967.
 
 
[[Categoria:Estudos organizacionais e gestão de recursos humanos]]
[[Categoria:Administração]]
115 827

edições