Abrir menu principal

Alterações

439 bytes removidos ,  07h52min de 15 de abril de 2016
Marcado como formato publicitário, usando FastButtons
{{publicidade}}
; Sonata Op. 22
[[Ficheiro:op22 pri mov.png|thumb|200px|esquerda|''[[Allegro]] com brio'': Primeiro movimento.]]
 
[[Ficheiro:op22 pri mov.png|thumb|200px|esquerda|''[[Allegro]] com brio'': Primeiro movimento.]]
A sonata Op. 22 traz mais uma vez indícios dos métodos de composição que Beethoven iria desenvolver mais tarde. No primeiro [[Movimento (música)|movimento]], na forma tradicional da sonata-forma, [[Beethoven]] utiliza de notas de passagem em [[semicolcheia]]s ao longo do movimento.
 
A [[melodia]] do [[Tema (música)|tema]] principal é formada por uma simples [[Terça (música)|terça]] menor (Ré, Fá, Ré), o que disfarça o motivo principal - o [[Acompanhamento (música)|acompanhamento]] de [[semicolcheia]]s. Esse acompanhamento aparece ao longo do movimento e é uma forma de unificar as seções da música. Outra característica dessa sonata é a simplicidade dos seus temas. Beethoven não elabora melodias misteriosas, ou cheias de [[Acidente (música)|acidentes]], ao contrário. Os temas caem perfeitamente dentro da [[escala]], e na [[coda]] da [[Exposição]], Beethoven escreve com todas as notas uma escala de fá maior em [[oitava]]s para concluir a seção, não sem antes apresentar o acompanhamento de [[semicolcheia]]s. O [[desenvolvimento]], como não podia deixar de ser, começa com o motivo do acompanhamento, e depois volta a escala em oitavas. Ao começar o desenvolvimento com resquícios da coda, Beethoven opta por enaltecer a continuidade de música, ao invés de iniciar uma seção completamente diferente da anterior - Mais uma de suas características presente em obras futuras. Nesse desenvolvimento, com [[Modulação|mudulações]] constantes, Beethoven cria varias "sequências", ao estilo [[Música do barroco|barroco]], onde a textura permanece a mesma, mas algumas notas são modificadas. Os desenvolvimentos dos seus [[concerto]]s para piano e orquestra possuem a mesma característica. A [[recapitulação]] cai na forma tradicional, sem maiores revoluções.
 
[[Ficheiro:op22 seg mov.png|thumb|200px|esquerda|''Adagio con molt' espressione'': Segundo movimento.]]
O segundo movimento, [[Adágio]] é sustentado pelas constantes [[colcheia]]s no acompanhamento. O [[Compasso (música)|compasso]] composto (9/… ) ajuda a criar essa pulsação fixa, imutável. A melodia então se desenvolve sobre as variações harmônicas desse acompanhamento. Aqui, como em outros movimentos lentos, a melodia soa improvisada com passagens [[Cromatismo|cromáticas]] e muitas modulações.
 
[[Ficheiro:op22 ter mov.png|thumb|200px|esquerda|''Menuetto'': Terceiro movimento.]]
[[Ficheiro:op22 quar mov.png|thumb|200px|direita|''Rondo ([[Allegretto]])'': quarto movimento.]]
O [[minueto]] tem duas partes distintas, a primeira com uma melodia simples, e a segunda com uma textura que se assemelha a um [[trinado]]. O ''Minore'' é um exercício para a mão esquerda, onde as [[semicolcheia]]s dançam sem parar, quase que como um estudo.
 
O [[Rondó]] final obedece a regra Beethoveniana - dificil tecnicamente e com um tema cativante. Destaque especial para duas pequenas passagens onde Beethoven [[Arpejo|arpeja]] um [[acorde]], nos mesmos moldes da [[Sonata Op. 57 (Beethoven)|Appassionata]] mais tarde. As variações temáticas do tema do Rondó são muito interessantes. Beethoven varia o ritmo, acrescenta notas de passagem, [[oitava]]s e [[Pausa (música)|pausa]]s em cada passagem do tema, criando variedade e demonstrando sua enorme capacidade em manipular temas. <!--Se alguém nao tiver tempo de ouvir a sonata inteira, aconselho a pelo menos ouvir esse rondo, que vale muito a pena.-->
 
== Referências ==
BERBER, (apelido). '''Sonata Op. 22'''. Extraído do sítio do Fórum musical Presto, <http://presto.s4.bizhat.com/viewtopic.php?t=55&postdays=0&postorder=asc&start=0&mforum=presto>, publicado com permissão do autor. Acesso em: [[12 de junho]] de [[2007]].
 
<!--InfoBox -->