Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho ,  18h33min de 16 de abril de 2016
Os navios encontraram o ''Bismarck'' às 22h38min; os alemães rapidamente atacaram com sua bateria principal. Depois de dispararem três vezes, eles escarrancharam o contratorpedeiro polonês ORP ''Piorun''. A embarcação polonesa continuou a 12&nbsp;km até ser quase atingida, forçando sua retirada.<ref name=garzke237 /> Durante toda a noite e início da manhã, os contratorpedeiros de Vian atormentaram constantemente o ''Bismarck'', iluminando-o com sinalizadores e disparando vários torpedos, mas nenhum acertou. Entre 5h00min e 6h00min, a tripulação alemã tentou lançar um dos aviões [[Arado Ar 196]] para carregar o diário de guerra do navio, imagens do confronto contra o ''Hood'' e outros documentos importantes. O terceiro impacto do ''Prince of Wales'' havia danificado a tubulação de vapor e a catapulta, deixando-a inoperante. Sem poder lançar a aeronave, a tripulação simplesmente a jogou para fora da embarcação.<ref>Garzke & Dulin 1985, pp. 237–238</ref>
 
[[Ficheiro:Rodney firing on Bismarck.png|thumb|left|260px300px|O ''Rodney'' disparando contra o ''Bismarck''.]]
Depois da aurora do dia [[27 de maio]], o ''King George V'' liderou o ataque, com o ''Rodney'' seguindo-o pelo lado bombordo; Tovey queria navegar diretamente para o ''Bismarck'' até ficar a 8 milhas náuticas (15&nbsp;km) de distância. Nesse momento, ele viraria para o sul e colocaria seus navios em um curso paralelo com o inimigo.<ref>Bercuson & Herwig 2003, pp. 286–287</ref> Às 8h43min, vigias do ''King George V'' avistaram o ''Bismarck'' a aproximadamente 23&nbsp;km de distância. Quatro minutos depois, o ''Rodney'' abriu fogo com seus dois canhões dianteiros de 406&nbsp;mm, seguindo pelo ''King George V'' e sua bateria principal de 356&nbsp;mm. O ''Bismarck'' contra-atacou às 8h50min; com seu segundo disparo, ele escarranchou o ''Rodney''.<ref>Bercuson & Herwig 2003, pp. 288–289</ref>