O Livro dos Espíritos: diferenças entre revisões

m
clean up, typos fixed: Espirita → Espírita utilizando AWB
m (clean up, typos fixed: Espirita → Espírita utilizando AWB)
'''O Livro dos Espíritos''' (na [[língua francesa]], ''Le Livre des Esprits'') é o primeiro livro sobre a [[Doutrina Espírita]], publicado pelo educador francês Hippolyte Léon Denizard Rivail, sob o pseudônimo [[Allan Kardec]]. É uma das [[Obras Básicas do espiritismo|obras básicas do espiritismo]].
 
Em sua primeira edição contou apenas com 501 questões, mais tarde em 1860, com apenas um ano do lançamento da [[Revue Spirite|Revista Espírita]], Allan Kardec reuniu subsídios suficientes para publicar a segunda edição de O Livro dos Espíritos fundindo mais um conjunto de instruções que possuía, e aproveitando para dar à distribuição das matérias uma ordem muito mais metódica, suprimindo ao mesmo tempo tudo quanto tivesse duplo sentido e Inserindo notas explicativas.Conforme assevera ele mesmo na Revista EspiritaEspírita de julho de 1860. Nesse momento surgiu o erro de numeração da questão 1011 onde a mesma foi suprimida, por todas as outras quatorze edições até seu desencarne.
 
== História ==
As [[mediunidade|médiuns]] que serviram a esse trabalho foram inicialmente as jovens Caroline e Julie Boudin (respectivamente, com 16 e 14 anos à época), às quais mais tarde se juntou Celine Japhet (com 18 anos à época) e a senhorita Ermmance Defaux (14 anos na época), que tinha como guia espiritual São Luiz. no processo de revisão do livro. Após o primeiro esboço, o método das perguntas e respostas foi submetido à comparação com as comunicações obtidas por outros médiuns franceses, num total de "''mais de dez''", nas palavras de Kardec, cujos textos psicografados contribuíram para a estruturação do texto.
 
Segundo [[Silvino Canuto de Abreu|Canuto de Abreu]], na página VII de '''O Primeiro Livro dos Espíritos''', a segunda edição francesa foi lançada em [[16 de março|18 de março]] de [[1860]], tendo o Livro dos Espíritos, naquela reimpressão, sido revisto quase "como trabalho novo, embora os princípios não hajam sofrido nenhuma alteração, salvo pequeníssimo número de exceções, que são antes complementos e esclarecimentos que verdadeiras modificações".<ref>{{citar livro|título = O Primeiro Livro dos Espíritos|sobrenome = Abreu|nome = Canuto|edição = |local = São Paulo|editora = Companhia Editora Ismael|ano = 1957|página = |isbn = |url = http://bvespirita.com/Livros2-O.html}}</ref> Para esta revisão, Kardec manteve contato com grupos espíritas de cerca de 15 países da [[Europa]] e das [[América|Américas]]s. Nesta segunda edição é que aparecem 1018 perguntas e respostas, sendo que algumas edições atuais trazem 1019 perguntas, acréscimo que, segundo a '''FEB (Federação Espírita Brasileira),''' foi devido ao Codificador não ter numerado a pergunta imediatamente após a 1010, aquela que seria a 1011. Assim sendo, o livro teria, na prática, 1019 e não, 1018 perguntas.
 
== Características ==
37 947

edições