Abrir menu principal

Alterações

7 bytes adicionados, 02h45min de 23 de abril de 2016
== Descendência ==
[[Imagem:DuarteI-Viseu.jpg|direita|thumb|Estátua de D. Duarte, filho de D. Filipa de Lencastre e sucessor do pai D. João I no trono, localizada em Viseu.]]
D. Filipa correspondeu ao papel esperado da rainha [[Idade_MédiaIdade Média|medieval]] em assegurar a continuidade da [[linhagem]] e do património. Tal como seu pai, ela incitou a apreciação pela cultura nos seus filhos, os futuros monarcas. Consequentemente, eles foram figuras que funcionaram como modelos a serem seguidos pela sociedade.{{harvref|Silva|2009b|p=46}} Os [[Romance de cavalaria|romances de cavalaria medieval]] agradavam à rainha. A ênfase em aventuras, virtudes cavaleirescas e valores da espiritualidade cristã contribuíram para moldar a educação dos príncipes pelos ideais expressos nos códigos de cavalaria: justiça e retidão.{{harvref|Oliveira|2010|p=410}}
 
Os nomes dos filhos homenageavam tanto membros da família de D. João I quanto de D. Filipa, o que mostra o respeito dos reis pelos seus [[Antepassado|antepassados]].{{harvref|Oliveira|2010|p=411}}
Do seu casamento, nasceram:
* [[Branca de Portugal (1388)|Branca de Portugal]] (13 de julho de 1388 – 6 de março de 1389), morreu jovem, antes de completar um ano de idade. O seu nome honrava a mãe de D. Filipa, [[Branca de Lencastre]].{{harvref|name=filhos|Oliveira|2010|p=406-412}}
* [[Afonso de Portugal (13901390–1400)|Afonso de Portugal]] (1390 – 1400), morreu jovem. Recebeu o mesmo nome que [[Afonso I de Portugal|D.&nbsp;Afonso&nbsp;I]], o rei fundador de Portugal.<ref name=filhos/>
* [[Duarte I de Portugal]] (1391 – 1438), sucessor do pai no [[Lista de reis de Portugal|trono português]], [[poeta]] e [[escritor]]. O seu nome homenageava simultaneamente seu bisavô materno, [[Eduardo III]], e o tio-avô [[Eduardo, o Príncipe Negro]].<ref name=filhos/>
* [[Pedro de Portugal, 1.º Duque de Coimbra|Pedro, 1.º Duque de Coimbra]] (1392 – 1449), recebeu o nome de seu avô paterno, o rei [[Pedro I de Portugal]]. Foi um dos príncipes mais esclarecidos do seu tempo, sendo [[Regência (governo)|regente]] durante a menoridade do seu sobrinho, o futuro rei [[Afonso V de Portugal|D.&nbsp;Afonso&nbsp;V]]. Tornou-se cavaleiro da [[Ordem da Jarreteira]], a mesma a que seus pais pertenciam. Morreu na [[batalha de Alfarrobeira]].<ref name=filhos/>