Abrir menu principal

Alterações

1 byte removido, 22h28min de 28 de abril de 2016
m
Foram revertidas as edições de 177.128.44.22 para a última revisão de FSogumo, de 11h25min de 14 de abril de 2016 (UTC)
== Origem dos bárbaros ==
[[Imagem:Heinrich_Leutemann,_Plünderung_Roms_durch_die_Vandalen_(c._1860–1880).jpg|thumb|esquerda|[[Saque de Roma (455)|Saque de Roma]] pelos Vândalos, em {{DC|455|x}}.<br><small>Por [[Heinrich Leutemann]]</small>]]
AsA palavra "''bárbaro''" provém do [[Língua grega antiga|grego antigo]], ''βάρβαρος'', e significa "''não grego''". Era como os [[gregos]] designavam os estrangeiros, as pessoas que não eram gregas e aqueles povos cuja língua materna não era a língua grega. Principiou por ser uma alusão aos [[persas]], cujo idioma cutural os gregos entendiam como "bar-bar-bar".<ref>"barbarous", ''in'' '''Oxford English Dictionary''', 2.ª Edição, 1989,</ref> Os [[Roma Antiga|romanos]] também passaram a ser chamados de ''bárbaros'' pelos gregos.
 
Porém, foi no [[Império Romano]] que a expressão passou a ser usada com a conotação de "não-romano" ou "incivilizado". O preconceito perante os povos que não compartilhavam os mesmos hábitos e costumes é natural dos habitantes dos grandes centros econômicos, sociais e culturais, e caracteriza-se pelo [[etnocentrismo]]. Atualmente, a expressão "''bárbaro''" significa não civilizado, brutal ou cruel. Era um termo pejorativo que não condizia com a realidade pois, apesar de não compartilharem de alguns aspectos da cultura romana e não falarem o [[latim]], tais povos tinham cultura e costumes próprios.
2 525

edições