Diferenças entre edições de "Bernardo de Chartres"

1 byte adicionado ,  15h28min de 29 de abril de 2016
(→‎Vida e Obra: Corrigir)
(→‎Vida e Obra: Corrigir)
Humanista e filósofo, fez os seus estudos na Escola da Catedral de Chartres em cujo desenvolvimento teve um papel fundamental, dela tendo sido mestre (1114-1119) e depois chanceler (1119-1126). Foi principalmente influenciado por [[Boécio]] cujo platonismo aprende e adapta. Dedica-se depois a conciliar o pensamento de [[Platão]] e de [[Aristóteles]], o que fará dele o mais importante pensador aristotélico e platónico do século XII.
 
Os seus escritos não foram infelizmente conservados, subsitindosubsistindo apenas curtas citações feitas por [[João de Salisbúria]], segundo o qual Bernardo de Chartres era "a fonte mais abundante das letras nos tempos modernos...o mais perfeito platónico do seu tempo".<ref>Édouard Jeauneau, História Breve da Filosofia Medieval, Editorial Verbo, 1968, Lisboa, pag. 62</ref>
 
É conhecido por ter expressado a seguinte frase famosaː
49 968

edições