Diferenças entre edições de "Colonização de Ceres"

5 bytes adicionados ,  21h12min de 3 de maio de 2016
(→‎Condições: Troca de fórmula ininteligível (e errada) pela expressão "um décimo))
Ceres poderia passar a ser a base principal e o meio de transportes para as infraestruturas de exploração mineira dos asteroides<ref name="useof" /> permitindo assim o transporte dos recursos para [[Marte (planeta)|Marte]], a [[Lua]] e a Terra. A sua colonização seria também uma etapa para a colonização do sistema solar externo, tal como os satélites de [[Júpiter (planeta)|Júpiter]]. A sua fraca velocidade de escape e a grande quantidade de gelo de água pode servir para o mantimento em água, combustível e oxigênio para as naves espaciais indo através ou depois ainda da cintura de asteroides.<ref name="useof" />
 
O estabelecimento de uma colónia permanente em Ceres terá que ser posterior à [[colonização da Lua]] ou da [[colonização de Marte]]. Por causa do seu meio eixo, Ceres possibilita mais viagens para Marte do que viagens a partir da Terra; além disso, a viagem de Ceres a Marte é inferior da viagem da Terra a Marte.<ref>[http://www.projectrho.com/rocket/rocket3o.html Atomic Rocket: Mission Table<!-- Titre généré automatiquement -->]</ref> É mais fácil e mais económico de transportar recursos da Lua ou de Marte para Ceres do que da Terra. Tudo indica que os deslocamentos da Lua ou de Marte para Ceres seriam até mais fáceis e mais económicos que um deslocamento da Terra à Lua.<ref name="m_econom">{{PDFlink|[http://www.4frontierscorp.com/dev/assets/Economic%20Viability%20of%20Mars%20Colonization.pdf Robert Zubrin. The Economic Viability of Mars Colonization]|146&nbsp;[[Kibibyte|KiB]]<!-- application/pdf, 149725 bytes -->}}</ref>
 
== Dificuldades potenciais ==
1 631

edições