Diferenças entre edições de "Academia de Polícia Militar do Barro Branco"

→‎Origens: melhora de estilo
(→‎Origens: foi incluída mais informação no campo de história, incluindo foto.)
(→‎Origens: melhora de estilo)
 
== Origens ==
|A história da APMBB, remonta ao ano de 1910, com a implementação do Curso Literário e Científico trazido pela Missão Militar Francesa, que chegou em São Paulo em 28 de março de 1906, contratada pelo então Governador do Estado Jorge Tibiriçá, com o propósito de ministrar instrução à tropa da Força Pública.<ref>{{Citar web|url=http://www.polmil.sp.gov.br/unidades/apmbb/index.asp?Tela=historia|titulo=APMBB - ACADEMIA DE POL�CIA MILITAR DO BARRO BRANCO|acessodata=2016-05-04|obra=www.polmil.sp.gov.br}}</ref><br><br>
{|
 
|A história da APMBB, remonta ao ano de 1910, com a implementação do Curso Literário e Científico trazido pela Missão Militar Francesa, que chegou em São Paulo em 28 de março de 1906, contratada pelo então Governador do Estado Jorge Tibiriçá, com o propósito de ministrar instrução à tropa da Força Pública.<ref>{{Citar web|url=http://www.polmil.sp.gov.br/unidades/apmbb/index.asp?Tela=historia|titulo=APMBB - ACADEMIA DE POL�CIA MILITAR DO BARRO BRANCO|acessodata=2016-05-04|obra=www.polmil.sp.gov.br}}</ref><br><br>
'''1913'''<br>
Foi criado o Corpo Escolar, compreendendo o Curso Geral para inferiores e Curso Complementar para Alferes e Tenentes.<ref name=":2">{{citar web|url=http://www.afam.com.br/documentos/afamemrevista/AFAMemRevista_72.pdf|titulo=História|data=Abr-Jun 2014|acessodata=2016-05-02|obra=AFAM em revista|publicado=AFAM|ultimo=Cabral|primeiro=Sandhra}}</ref><br>
'''1985'''<br>
Com a criação do Centro de Aperfeiçoamento e Estudos Superiores, a Academia passa a destinar-se exclusivamente a formar Oficiais e a especializá-los em cursos e estágios específicos.<ref name=":2" />
 
[[Ficheiro:Ruytemberg Rocha.jpg|miniaturadaimagem|Cadete Ruytemberg Rocha. Falecido em 1932, durante a [[Revolução Constitucionalista de 1932|revolução constitucionalista]].]]
 
'''1996'''
 
Com a eclosão da [[Revolução Constitucionalista de 1932|revolução constitucionalista]] em 1932, o então CIM-Centro de Instrução Militar (atualmente APMBB) foi totalmente deslocado para a frente de batalha atuando em todas as frentes. Como resultado das batalhas houve o falecimento do cadete Ruytemberg Rocha, então aluno do 2º ano do Curso de Formação de Oficiais.<ref name=":3">{{Citar web|url=http://nucleocadeteruytembergrocha.xpg.uol.com.br/|titulo=Núcleo Cadete Ruytemberg Rocha|acessodata=2016-05-04|obra=nucleocadeteruytembergrocha.xpg.uol.com.br}}</ref>
 
[[Ficheiro:Ruytemberg Rocha.jpg|miniaturadaimagem|Cadete Ruytemberg Rocha. Falecido em 1932, durante a [[Revolução Constitucionalista de 1932|revolução constitucionalista]].]]
 
==== Cadete Ruytemberg Rocha ====
 
O cadete Ruytemberg Rocha tinha na data da revolução 24 anos de idade e quando do início das hostilidades foi deslocado para o Batalhão Marcílio Franco, que atuaria na frente sul, na divisa entre os estados de SP e do Paraná. Na madrugada do dia 27 de julho de 1932, o cadete Ruytemberg Rocha acabou morto com um tiro na cabeça, logo após ter saltado da trincheira em que estava. Como resultado deste fato o cadete se tornou um símbolo dos valores de um cadete da APMBB, existindo hoje em dia um núcleo de preservação da história da revolução que carrega seu nome, além de uma condecoração militar em sua honra.<ref name=":3" /><ref>{{Citar web|url=http://www.apmp.com.br/index.php/swap/2856-promotor-e-homenageado-com-colar-cadete-pm-ruytemberg-rocha|titulo=Promotor é homenageado com colar ‘Cadete PM Ruytemberg Rocha’|acessodata=2016-05-04|obra=www.apmp.com.br}}</ref>
 
|}
 
== Concorrência ==
78

edições