Abrir menu principal

Alterações

12 bytes adicionados ,  18h16min de 16 de maio de 2016
sem resumo de edição
 
Muitos juristas, entretanto, observam que a expressão ordem pública tem definição vaga e ampla, e varia no tempo e no espaço, sendo mais fácil a sua percepção na vida social. Constituir-se-ia assim pelas condições mínimas necessárias a uma conveniente vida social, a saber: [[segurança pública]], [[salubridade]] pública e tranqüilidade pública.<ref>LAZZARINI, Álvaro. Estudos de direito administrativo. 2. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1999 p. 52</ref>
É consenso, pois, que a ordem pública se materializa pelo convívio social pacífico e harmônico, pautado pelo interesse público, pela estabilidade das instituições e pela observância dos direitos individuais e coletivos.<ref>KNABBEN, Flávio. ''Poder de polícia: uma análise sobre fiscalização de alvarás em estabelecimentos de jogos e diversões públicas.'' Florianópolis: Universidade do Sul deSanta Catarina, 2006. bla bla bla</ref>
 
Do ponto de vista formal, a ordem pública é o conjunto de valores, princípios e normas que se pretende sejam observados em uma sociedade. Do ponto de vista material, ordem pública é a situação de fato ocorrente em uma sociedade, resultante da disposição harmônica dos elementos que nela interagem, de modo a permitir um funcionamento regular e estável, que garanta a liberdade de todos.<ref>Polícia de Manutenção da Ordem Pública e a Justiça, por Álvaro Lazzarini; Polícia de Manutenção da Ordem Pública e suas atribuições, por Hely Lopes Meirelles. In ''Direito Administrativo da Ordem Pública'', Forense, Rio de Janeiro, p. 13 e p. 156/157.</ref>
Utilizador anónimo