Epidemia de febre zica em 2015–2016: diferenças entre revisões

m
 
=== Reação internacional ===
A maioria dos países, incluindo [[Colômbia]], [[Equador]], [[El Salvador]] e [[Jamaica]], aconselhou que as mulheres adiem a [[gravidez]] até que se saiba mais sobre os riscos.<ref name=BBC-2016-01-23a>{{Cite web |url=http://www.bbc.com/news/world-latin-america-35388842| title=Zika virus triggers pregnancy delay calls| publisher=BBC|author=|date=23 de janeiro de 2016|accessdate=23 de janeiro de 2016}}</ref><ref name=RTE-2016-01-22a>{{Cite web| url=http://www.rte.ie/news/2016/0122/762119-el-salvador-zika-virus/| title=Pregnant Irish women warned over Zika virus in central and South America |publisher=[[RTE]]|author=| date=22 de janeiro de 2016 | accessdate=23 de janeiro de 2016}}</ref> Autoridades do [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]] também apresentaram um plano para tentar evitar a propagação do vírus Zika durante os [[Jogos Olímpicos de Verão de 2016]], que será realizado na cidade.<ref name="BBC-2016-01-24a" /> O Ministério da Saúde do [[Peru]] instalou mais de 20 mil [[ovitrap]]s durante o surto de [[dengue]] de 2015. Os mesmos ovitraps vão ser utilizado para monitorar um potencial surto de Zika em regiões de [[clima tropical]] do país.<ref>{{cite web| url=http://perureports.com/2016/01/25/northern-peru-braces-for-mosquito-borne-zika-virus/| title=Northern Peru braces for mosquito-borne Zika virus| website=Peru Reports| publisher=Peru Reports | accessdate=28 de janeiro de 2016}}</ref>
 
Por causa da "crescente evidência de uma ligação entre Zika e microcefalia" os CDC dos Estados Unidos emitiram um alerta de viagem em 15 de janeiro de 2016, ao aconselhar mulheres grávidas a considerar o adiamento de viagens para o Brasil, assim como para os seguintes países e territórios onde a [[febre Zika]] foi relatada: Colômbia, El Salvador, [[Guiana Francesa]], [[Guatemala]], Haiti, [[Honduras]], [[Martinica]], [[México]], [[Panamá]], [[Paraguai]], [[Suriname]], [[Venezuela]] e [[Porto Rico]].<ref name=lowes>{{cite web| url=http://www.medscape.com/viewarticle/857389?nlid=97363_3901&src=wnl_newsalrt_160115_MSCPEDIT&uac=28013DZ&impID=957011&faf=1 |author=Lowes R |title=CDC Issues Zika Travel Alert |publisher=CDC |date=15 de janeiro de 2016 |accessdate=16 de janeiro de 2016}}</ref> Em 22 de janeiro de 2016 mais oito países foram adicionados à lista: [[Barbados]], [[Bolívia]], [[Equador]], [[Guadalupe]], [[Saint Martin]], [[Guiana]], [[Cabo Verde]] e [[Samoa]].<ref>{{cite web|title=CDC expands Zika travel advisory to include more countries|url=http://www.statnews.com/2016/01/22/zika-travel-advisory-expanded/|website=STAT|accessdate=23 de janeiro de 2016}}</ref>