Diferenças entre edições de "EDP Vilar de Mouros"

171 bytes adicionados ,  10h24min de 2 de junho de 2016
inserir pagina facebook
(inserir pagina web)
(inserir pagina facebook)
'''Festival de Vilar de Mouros''' é um festival de música, que se realiza no [[verão]] em [[Vilar de Mouros]], [[Caminha]], [[Portugal]].
 
O Festival de Vilar de Mouros realizou-se pela primeira vez em '''1965''', com características idênticas a outros eventos minhotos de folclore, tendo ganho alguma projecção nacional na quarta edição, em 1968, com o alargamento do âmbito à música erudita e ao fado.  Nesse ano, o fundador do festival, o médico António Barge, teve a "arte" de conseguir juntar num mesmo evento o regime, através da Banda da Guarda Nacional Republicana, e a oposição, com músicos de intervenção como Zeca Afonso e Adriano Correia de Oliveira.
 
O festival de 1968 não passou despercebido à PIDE (polícia política), que recebeu relatórios sobre as canções proibidas cantadas em coro por Zeca Afonso e pelo público, mas teve pouco impacto no país.
Em 2015 o festival não se realizou devido à falta de meios por parte da associação encarregada de organizar o evento (Fundação AMA Autismo).
 
=='''2016'''==
O <u>Festival Vilar de Mouros</u><ref>{{Citar web|url=http://www.festivalvilardemouros.pt|titulo=Festival Vilar de Mouros 2016|acessodata=2016-06-02|obra=www.festivalvilardemouros.pt}}</ref> <ref>{{Citar web|url=http://www.facebook.com/festivaldevilardemouros|titulo=Festival Vilar de Mouros|acessodata=2016-06-02|obra=www.facebook.com}}</ref>vai regressar em 2016, entre os dias 25 e 27 de agosto, organizado pela Surprise & Expectation, Camara Municipal de Caminha e Junta de Freguesia de Vilar de Mouros. O contrato tripartido tem duração de seis edições. Espera-se agora que se encontre a estabilidade que o mais antigo festival nacional necessita para continuar a fazer história.
 
{{Referências}}
Utilizador anónimo