Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 14h01min de 4 de junho de 2016
Removi e corrigi alguns textos que estavam errados de acordo com a pro pria autobiografia de Sadat
|antes_título2 =[[Gamal Abdel Nasser]]
|depois_título2 =''ele mesmo'' <small>(como [[presidente do Egito]])</small>
|título3 =[[Vice-presidente]] da [[República Árabe Unida]] [[Ficheiro:Flag of United Arab Republic.svg|20px]]
|mandato_início_título3 =[[17 de fevereiro]] de [[1964]]
|mandato_fim_título3 =[[março]] de [[1964]]
|antes_título3 =[[Hussein el-Shafei]]
|depois_título3 =[[Zakaria Mohieddin]]
|mandato_início_título4 =[[17 de dezembro]] de [[1969]]
|mandato_fim_título4 =[[14 de outubro]] de [[1970]]
|antes_título4 =[[Hussein el-Shafei]]
|depois_título4 =[[Ali Sabri]]
|nascimento_data = {{dni|28|12|1918|sem idade}}
|nascimento_local =[[Mit Abu al-Kum]], [[Monufia]]
|nacionalidade =
|partido =[[Partido Nacional Democrático]] (1977-1981)
|outropartido =[[União Socialista Árabe (Egito)|União Socialista Árabe]]
|alma_mater =
|cônjuge =Ehsan Madi<br />Jehan Sadat
|gabinete =
|comitês =
|religião =[[islamismo sunita]]
|assinatura =Anwar El Sadat Signature.svg
|website =
|condecorações =
|notas de rodapé =
|título3 =[[Vice-presidente]] da [[República Árabe Unida]] [[Ficheiro:Flag of United Arab Republic.svg|20px]]
|mandato_início_título3 =[[17 de fevereiro]] de [[1964]]
|mandato_fim_título3 =[[março]] de [[1964]]
|antes_título3 =[[Hussein el-Shafei]]
|depois_título3 =[[Zakaria Mohieddin]]
|mandato_início_título4 =[[17 de dezembro]] de [[1969]]
|mandato_fim_título4 =[[14 de outubro]] de [[1970]]
|antes_título4 =[[Hussein el-Shafei]]
|depois_título4 =[[Ali Sabri]]
|outropartido =[[União Socialista Árabe (Egito)|União Socialista Árabe]]
}}
'''Muhammad Anwar Al Sadat''' ([[Mit Abu al-Kum]], [[Monufia]], [[25 de dezembro]] de [[1918]] — [[Cairo]], [[6 de outubro]] de [[1981]]) foi um [[militar]] e [[político]] [[Egipto|egípcio]], presidente do seu país de 1970 a 1981. Recebeu o [[Prêmio Nobel da Paz]] de 1978.
 
Foi membro fundador do [[Movimento dos Oficiais Livres|Organização dos Oficiais Livres]], com [[Gamal Abdel Nasser]]. Comprometido com o [[nacionalismo]] egípcio, foi feito prisioneiro pelos [[UK|britânicos]] por ser agente [[Alemanha|alemão]] em 1942, e novamente em (1946-9), por atos [[Terrorismo|terroristas]].
 
Participou do golpe de 1952, que derrubou o rei [[Faruk do Egito|Farouk]] e que levou Nasser ao poder. Sucedeu a Nasser como presidente do [[Egipto|Egito]] (1970-1981). Em 1972 dispensou a missão [[URSS|soviética]] em seu país e, em 19741973, após perdervençer militarmente a [[Guerra do Yom Kippur|guerra de Iom Kippur]]Outubro (1973), recuperou, no acordo de separação de forças, o [[Canal de Suez]] das mãos de [[Israel]].
 
Em um esforço para acelerar um acordo no [[Oriente Médio]], visitou Israel, em [[1977]], fato que marcou oa primeiroprimeira reconhecimentotentativa daquelede paz com o país por um país árabe, tendo gerado fortesgrande condenaçõesrepercurssão de grande parte do mundo árabe. Encontrou-se novamente com o primeiro-ministro israelense [[Menachem Begin]] em [[Acordo de Camp David|Camp David]], [[Maryland]], [[Estados Unidos]] ([[1978]]), sob a chancela do então presidente americano [[Jimmy Carter]] e assinou um tratado de paz com Israel em [[1979]], em [[Washington, DC]]. Ele é considerado como um dos pioneiros do [[neoliberalismo]] dos anos 70 e 80.<ref>[http://muftah.org/a-historical-appraisal-of-egypts-january-25-day-of-wrath-incentives-characteristics-implications-by-nancy-elshami/ A Historical Appraisal of Egypt’s January 25 “Day of Wrath”: Incentives, Characteristics, & Implications]</ref>
 
== Trajetória ==
Em [[19 de Novembro]] de [[1977]], Sadat torna-se o primeiro líder [[árabes|árabe]] a visitar oficialmente Israel, altura em que se encontrou com o primeiro-ministro israelense [[Menachem Begin]] e falou perante o [[Knesset]], em [[Jerusalém]]. Fez a visita a convite de Begin, na tentativa de obter um acordo de paz permanente, enquanto muitos do mundo árabe se sentiram ultrajados por essa aproximação com Israel. Em [[1978]], tal tentativa resulta no [[Acordos de Camp David|Acordo de Camp David]], pelo qual Sadat e Begin recebem o [[Prêmio Nobel da Paz]].
 
Entretanto, a ação foi extremamente impopularcontestada no [[Mundo Árabe]], e especialmentetambém entrepelos os [[Fundamentalismo islâmico|fundamentalistas muçulmanos]]israelenses, que acreditavam que apenas a ameaça ou o usocom dasua forçasoberba farianão Israelqueriam negociar a [[Cisjordânia]] e a [[Faixa de Gaza]], e o acordo de Camp David removia as possibilidades do Egito, maior potência militar árabe, ser parte dessa ameaça. Como parte do acordo, Israel retirou-se da [[Península do Sinai]], retornando a área inteira para o Egito em [[1983]].
 
== Assassinato ==
Em [[6 de Outubro]] de 1981, Sadat é assassinado durante uma parada militar no [[Cairo]] por membros da [[guerra santa|Jihad Islâmica Egípcia]] infiltrados nodo exército e que eram parte da organização egípcia que se opunha ao acordo de paz com Israel e a entrega da [[Faixa de Gaza]] para o Estado Judeu. Foi sucedido pelo seu vice-presidente [[Hosni Mubarak]]. Encontra-se sepultado no ''Monumento ao Soldado Desconhecido'', [[Cairo]] no [[Egito]].<ref>{{findagrave|6523229}}</ref>
 
== Família ==
Utilizador anónimo