Rústico de Narbona: diferenças entre revisões

739 bytes adicionados ,  6 de junho de 2016
sem resumo de edição
}}
 
'''Rústico de Narbona''' (m. {{morte|26|10|461}}) foi um bispo de [[Narbona]] e atualmente é considerado um santo sendopela a[[Igreja eleCatólica]] com sua consagradofesta oocorrendo diaem 20 de outubro. Boa parte de sua correspondência perdeu-se ao longo do tempo, com exceção, principalmente, de algumas cartas trocadas entre ele e [[Jerônimo de Estridão|São Jerônimo]] entre 452-458.<ref {{harvref|name=Rusticus />De2012|Dedieu-Barth|2012}}
 
== Vida ==
Quando concluiu seus estudos na [[Gália]] partiu para [[Roma]] onde ganhou reputação como orador público. Após conselho de São Jerônimo, Rústico prosseguiu em seus estudos ingressando no mosteiro de [[Vicente de Lérins|São Vicente de Lérins]]. Ordenado em [[Marselha]], em 3 de outubro de 430 foi consagrado bispo de Narbona. Durante seu bispado Rústico não foi capaz de impedir o avanço do [[arianismo]] principalmente devido as [[Godos|invasões godas]] frequentes na região. Devido ao cerco de Narbona realizado pelos godos em 436 e as dissenções entre os católicos Rústico escreveu uma carta para o [[papa Leão I]] onde renunciava o bispado, contudo, Leão conseguiu dissuadi-lo. Entre 444-448 Rústico construiu a igreja de Narbona dedicada a [[Genésio de Arles]], em 451 deu assistência na convocação de 44 bispos da Gália e aprovou a carta de Leão I a [[Flaviano de Constantinopla|Flaviano]] acerca do [[nestorianismo]]. Rústico também participou de um [[concílio de Arles]] no qual decidiu-se acerca do debate entre Teodoro de [[Fréjus]] e o Abade de Lérins.<ref name=Rusticus />
 
Quando concluiu seus estudos na [[Gália]] partiu para [[Roma]], onde ganhou reputação como orador público. Após conselho de São Jerônimo, prosseguiu em seus estudos ingressando no Mosteiro de São [[Vicente de Lérins]]. Ordenado em [[Marselha]], em 3 de outubro de 430, foi consagrado [[bispo de Narbona]]. Durante seu bispado, não foi capaz de impedir o avanço do [[arianismo]] principalmente devido as [[Reino Visigótico|invasões visigóticas]] frequentes na região.<ref name=De2012 />
{{referências|refs=
 
QuandoEm concluiu seus estudos na [[Gália]] partiu para [[Roma]] onde ganhou reputação como orador público. Após conselho de São Jerônimo, Rústico prosseguiu em seus estudos ingressando no mosteiro de [[Vicente de Lérins|São Vicente de Lérins]]. Ordenado em [[Marselha]], em 3 de outubro de 430 foi consagrado bispo de Narbona. Durante seu bispado Rústico não foi capaz de impedir o avançodecorrência do [[arianismo]] principalmente devido as [[Godos|invasões godas]] frequentes na região. Devido ao cercoCerco de Narbona realizado pelos godosvisigodos em 436 e as dissenções entre os católicos, Rústico escreveu uma carta para o [[papa Leão I]] onde{{nwrap|r.|440|461}} na qual renunciava o bispado, contudo, Leão conseguiu dissuadi-lo. Entre 444-448 Rústico, construiu a igreja[[Catedral de Narbona]] dedicada a [[Genésio de Arles]], em 451 deu assistência na convocação de 44 bispos da Gália e aprovou a carta de Leão I a [[Flaviano de Constantinopla|Flaviano]] acerca do [[nestorianismo]]. RústicoEle também participou de um [[concílioConcílio de Arles]] no qual decidiu-se acerca do debate entre [[Teodoro de [[Fréjus]] e o Abadeabade de Lérins. Rústico faleceu em 26 de outubro de 461 e foi sucedido por [[Hermes de Narbona|Hermes]].<ref name=RusticusDe2012 />{{harvref|Devic|1872|p=473—474}}{{harvref|Griffe|1933|p=33—35}}
<ref name=Rusticus>{{citar web|url=http://www.newadvent.org/cathen/13275a.htm|título=St. Rusticus of Narbonne|acessodata=07-10-2012|lingua3=en}}</ref>
 
{{referências|refscol=2}}
}}<!-- Fim referências -->
 
== Bibliografia ==
 
{{refbegin|2}}
 
* {{Citar web|sobrenome=Dedieu-Barthe|nome=J.|título=St. Rusticus of Narbonne|url=http://www.newadvent.org/cathen/13275a.htm|publicado=[[Enciclopédia Católica]]|ano=2012|local=Nova Iorque|ref=harv}}
 
* {{Citar livro|sobrenome=Devic|nome=Dom. C.|coautor=Vaissete, Dom. J.|título=Histoire générale de Languedoc|local=Tolosa|editora=Édouard Privat, Libraire-Éditeur|ano=1872|ref=harv}}
 
* {{Citar livro|sobrenome=Griffe|nome=Éllie|título=Histoire Religieuse des Anciens Pays de l’Aude|volume=Tome I. Des Origines Chrétiennes a la Fin de l’Epoque Carolingienne|ano=1933|local=Paris|editora=Auguste Picard|ref=harv}}
 
{{refend}}
 
[[Categoria:Mortos em 461]]