Diferenças entre edições de "Chico Mendes"

13 bytes removidos ,  01h55min de 8 de junho de 2016
Edição anterior
(Edição anterior)
 
== Biografia==
Chico Mendes nasceu em [[Xapuri]], no [[Acre]], em [[15 de dezembro]] de [[1944]], filho do migrante [[Ceará|cearense]] Francisco Alves Mendes e de Maria Rita Mendes. Começou no ofício de [[seringueiro]] ainda criança, acompanhando o pai em incursões pela mata. Só aprendeuAprendeu a ler aos 4 ou 5 anos19, já que na maioria dos seringais não havia escolas, tampouco os proprietários de terras tinham intenção de implantá-las em suas propriedades.<ref>{{citar web |url=http://noticias.uol.com.br/licaodecasa/materias/ult1789u633.jhtm |publicado=Noticias.uol.com.br |obra= |autor= |título=Chico Mendes - Líder sindical seringalista, ativista ambiental brasileiro |data= |acessodata= }}</ref> Segundo relato próprio, foi o militante comunista Euclides Távora, — que participara no [[Intentona Comunista|levante comunista de 1935]] em [[Fortaleza]] e na [[Movimento_Nacionalista_Revolucionário_(Bolívia)#O_MNR_e_a_Revolu.C3.A7.C3.A3o_de_52|Revolução de 1952 na Bolívia]] —, que o ensinou a ler. Após retornar ao Brasil, Távora fixou residência em Xapuri, onde se tornou o [[alfabetização|alfabetizador]] de Mendes.<ref>[http://biblioteca.clacso.edu.ar/ar/libros/osal/osal25/09porto.pdf Porto Gonçalvez, Carlos Walter 2009 “Chico Mendes, um ecossocialista” en OSAL. (Buenos Aires: CLACSO) Año X, Nº 25, abril.]</ref>
 
===Ativismo===
14 510

edições