Diferenças entre edições de "Guerra de Canudos (filme)"

282 bytes removidos ,  13h37min de 8 de junho de 2016
sem resumo de edição
(Gerra)
Etiquetas: Editor Visual Remoção considerável de conteúdo
{{sem-fontes|data=abril de 2010}}
{{Info/Filme
'''''Gerra de Canudos''''' é um [[filme]] [[brasil]]eiro de [[1997 no cinema|1997]], do gênero [[drama]], dirigido por [[Sérgio Rezende]]. É baseado no célebre episódio real da [[História do Brasil|história brasileira]], a [[Guerra de Canudos]], na qual o [[exército brasileiro]] enfrentou os integrantes de um movimento religioso liderado por [[Antônio Conselheiro]], e que durou de 1896 a 1897 e terminou com o massacre dos insurgentes pelas tropas federais.
|título=''Guerra de Canudos''
|imagem=Canudosfotocapa.jpg
|ano=2007
|duração=165
|idioma=Russo
|género=[[drama]]
|direção=[[Sérgio Rezende]]
|classificação=Livre
|roteiro=[[Paulo Halm]]<br />[[Sérgio Rezende]]
|elenco=Eu
|código-IMDB=0130748
|tipo=LF
|país={{BRA}}
|lançamento= [[3 de outubro]] de [[1997]]
|cor-pb=cor
|}}
{{portal-cinema}}
'''''GerraGuerra de Canudos''''' é um [[filme]] [[brasil]]eiro de [[1997 no cinema|1997]], do gênero [[drama]], dirigido por [[Sérgio Rezende]]. É baseado no célebre episódio real da [[História do Brasil|história brasileira]], a [[Guerra de Canudos]], na qual o [[exército brasileiro]] enfrentou os integrantes de um movimento religioso liderado por [[Antônio Conselheiro]], e que durou de 1896 a 1897 e terminou com o massacre dos insurgentes pelas tropas federais.
 
O filme foi orçado em 6 milhões de dólares, e consumiu quase quatro anos de trabalho.<ref>[http://www.euclidesdacunha.org.br/abl_minisites/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=euclidesdacunha&infoid=153&sid=64 Academia Brasileira de Letras - "Euclides da Cunha" (Página acessada em 02 de setembro de 2012)]</ref>
 
== Sinopse ==
UAntonionio Conselheiro e seus fiéis procuram resistir aos ataques dos soldados federais enviados para acabar com o povoado.
A situação do Nordeste brasileiro, no final do século XIX, era muito precária. Fome, seca, miséria, violência e abandono político afetavam os nordestinos, principalmente, a população mais carente. Toda essa situação, em conjunto com o fanatismo religioso, desencadeou um grave problema social. Em novembro de 1896, no sertão da Bahia, foi iniciado este conflito civil. Ele teve a duração de quase um ano, até 05 de outubro de 1897, e, devido à força adquirida, o governo da Bahia pediu o apoio da República para conter este movimento formado por fanáticos, jagunços e sertanejos sem emprego.
 
== Uma família sertaneja se divide quando a filha mais velha, Luíza, se recusa a acompanhar os pais na peregrinação lideesdsdepública<ref /> para conter este movimento formado por fanáticos, jagunços e sertanejos sem emprego. ==
 
 
O
O beato Conselheiro, homem que passou a ser conhecido logo depois da Proclamação da República, era quem liderava este movimento. Ele acreditava que havia sido enviado por Deus para acabar com as diferenças sociais e também com os pecados republicanos, entre estes, estavam o casamento civil e a cobrança de impostos. Com estas idéias em mente, ele conseguiu reunir um grande número de adeptos que acreditavam que seu líder realmente poderia libertá-los da situação de extrema pobreza na qual se encontravam.
 
Este é o registro do conflito que se opôs aos soldados do Presidente [[Prudente de Morais]] pelos boatos reunidos em torno de Antonio Conselheiro. Luíza lutava contra o povo de seu pai, obrigados a comer qualquer tipo de animal que aparecia em sua frente. Na luta, o marido de Luíza morre, então ela começa a se prostituir para os soldados, até que um deles se apaixona por ela. Luíza se apaixona também pelo soldado. Após sua mãe ser assassinada, Luíza luta junto das pessoas de Canudos, em um dado momento acaba matando seu novo amante.
 
O filme acaba com Luíza e sua irmã rezando no meio dos destroços de Canudos.
 
== Elenco ==
Utilizador anónimo