Abrir menu principal

Alterações

6 bytes removidos ,  17h43min de 16 de junho de 2016
m
Foram revertidas as edições de 2804:14D:5CB8:8368:4D7B:C676:9BB3:A1B8 (usando Huggle) (3.1.20)
Há vários céus que são mencionados na [[Bíblia]]. Haveria o céu que vemos, onde os pássaros voam, onde os relâmpagos brilham e de onde a chuva cai <ref>[[Gênesis|Gn]] 7.23; [[Deuteronômio|Dt]] 11.11; Dn 4.21; [[Evangelho de Lucas|Lc]] 17.24</ref>. Há o céu no sentido de firmamento, ou expansão, onde estão o Sol, a Lua e as estrelas <ref>Gn 1.14,15,17</ref>. Há ainda o céu onde se encontra o trono de Deus <ref>[[Salmos|Sl]] 2.4; 11.4; [[Mateus|Mt]] 5.34</ref>, de ao qual [[Jesus]] teria ascendido. Esse seria o céu onde os [[anjo]]s estão <ref>[[Apocalipse|Ap]] 10.1</ref>. A Bíblia fala ainda dos "céus dos céus" <ref>Dt 10.14; 1 [[Epístola aos Romanos|Rs]] 8.27</ref> e que haverá "novos céus" <ref>2 Pd 3.13</ref>.
 
=== Céu na mitologia grega ===
''Céu'' era a [[divindade]] romana equivalente à [[Mitologia grega|grega]] [[Urano (mitologia)|'''Urano''']]. Filho e marido de [[Terra]] ([[Gaia (mitologia)|Gaia]]). Pai dos [[titãs]]: [[Oceano (mitologia)|Oceano]], [[Crios]], [[Hiperião]], [[Jápeto]], [[Teia (mitologia)|Teia]], [[Reia]], [[Têmis]], [[Mnemósine]], [[Febe]], [[Tétis (titânide)|Tétis]] e [[Cronos]]; dos [[Hecatônquiros]]: [[Coto (mitologia)|Coto]], [[Briareu]] e [[Giges]]; dos [[Ciclope]]s: [[Brontes]], [[Estéropes]] e [[Arges]]; das [[Erínias]]; dos [[Gigantes]]; das [[Ninfas]] [[Melianas]] e de [[Afrodite]].
[[Ficheiro:VanGogh-starry night.jpg|200px|thumb|right|[[Noite]] estrelada. [[Vincent van Gogh]], [[Século XIX]]]]