Diferenças entre edições de "Lato sensu"

2 bytes removidos ,  17h09min de 22 de junho de 2016
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 187.87.74.223, com Reversão e avisos.
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 187.87.74.223, com Reversão e avisos.)
É a designação que se dá aos cursos de [[pós-graduação]] que são regulados pelo [[Ministério da Educação (Brasil)|ministério da educação]] e pela [[Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior]]. Sua duração mínima é de 180 (Aperfeiçoamento) e a partir de 360 horas (especialização), sendo concebidos para serem cursados por pessoas que já encontram-se desempenhando atividades no mundo do trabalho simultaneamente.
 
Fornece um título acadêmico scritoLato Sensu, nos graus [[Aperfeiçoamento|Aperfeiçoado]] e [[Especialização|Especialista]], os cursos ''lato sensu'' oferecidos por escolas de renome são valorizados no mercado de trabalho. Assim, pessoas com atuação nas mais diversas áreas optam por um curso ''lato sensu'' não só pela facilidade de aplicação do profissional formado conforme as necessidades das empresas, quanto no prosseguimento em sua atividade profissional, isso também porque, em geral, tais cursos tendem a ter maior foco na aplicação prática dos conceitos, melhorando, assim, o desempenho na atuação profissional. O curso de Aperfeiçoamento exige apenas uma avaliação final, já o curso de Especialização um Trabalho de Conclusão de Curso, um trabalho acadêmico de caráter obrigatório e instrumento de avaliação final de um curso superior. É elaborado em forma de dissertação.
 
== {{Ligações externas}} ==