Diferenças entre edições de "José Luís Porfírio"

54 bytes adicionados ,  14h47min de 23 de junho de 2016
Filho de [[Ventura Porfírio]], licenciou-se em História na [[Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa]] (1967). Realizou o Curso de Conservador de Museu no [[Museu Nacional de Arte Antiga]], Lisboa (1970). Trabalhou como Conservador no [[Museu Nacional de Arte Antiga]] a partir de 1973, sendo nomeado diretor em 1996, cargo que ocupou até à data da sua reforma em 2004.
 
É crítico de arte profissional desde 1972 e teve um papel ativo na renovação dessa área na década de 1970. Tem vasta colaboração em jornais como o [[Diário de Lisboa]] e [[O Jornal]];, ou em revistas como [[Brotéria]], [[Colóquio/Artes]], [[Artes e Leilões]]; é colaborador permanente do [[Expresso (Portugal)|Jornal Expresso]] desde 1980, com muitas centenas de textos publicados. Realizou conferências; comissariou exposições; publicou textos em livros e catálogos. A sua dupla atividade enquanto conservador do Museu Nacional de Arte Antiga e crítico liga-se a uma obra plurifacetada. Ao longo da sua carreira José Luís Porfírio prestou uma atenção detalhada à arte de tempos diversificados, do passado mais distante aos autores modernos e contemporâneos e, de modo muito particular, à arte contemporânea portuguesa. Entre as suas inúmeras publicações contam-se monografias sobre [[Menez]], [[Rogério Ribeiro]] e [[José de Guimarães]]. Foi distinguido com ''Prémio Personalidade 2014'' pela Associação Portuguesa de Museologia (APOM)<ref>{{citar web|URL=http://portocanal.sapo.pt/noticia/46180/|título=Associação de Museologia distingue José Luís Porfírio com Prémio Personalidade 2014|autor=|data=|publicado=Porto Canal|acessodata=20-06-2016}}</ref>.
 
==Algumas publicações==