Diferenças entre edições de "Gaudium et Spes"

16 bytes adicionados ,  09h32min de 4 de julho de 2016
sem resumo de edição
m (A migrar 19 interwikis, agora providenciados por Wikidata em d:q473068)
'''''Gaudium et Spes''''' ("Alegria e Esperança" em [[Latim eclesiástico|latim]]) ''sobre a Igreja no mundo contemporâneo'' é a única constituição [[Teologia pastoral|pastoral]] e a 4ª das [[Constituição apostólica|constituições]] do [[Concílio Vaticano II]]<ref>As outras três são constituições dogmáticas ''[[Sacrosanctum Concilium]]'' (sobre a sagrada liturgia), ''[[Dei Verbum]]'' (sobre a revelação divina) e ''[[Lumen Gentium]]'' (sobre a natureza e a constituição da Igreja).</ref>. Trata fundamentalmente das relações entre a [[Igreja Católica]] e o mundo onde ela está e actua.
 
Inicialmente ela constituía o famoso "esquema 13", assim chamado por ser esse o lugar que ocupava na lista de documentos estabelecida em [[1964]]. Sofreu várias redações e muitas emendas, acabando por ser votada apenas na quarta e última sessão do Concílio. A última votação teve os seguintes resultados: 2309 ''[[wikt:placet|placet]]''; 75 ''non placet''; 10 ''nulos''. O [[Papa Paulo VI]], no dia [[7 de Dezembro]] de [[1965]], na 9ª sessão solene, promulgou esta Constituição.
 
Formada embora por duas partes, constitui um todo unitário. A primeira parte é mais doutrinária, tratando de vários temas [[eclesiológico]]s (muitos deles já debatidos na ''[[Lumen Gentium]]''), tais como a missão de serviço ou o [[sacerdócio]] comum do Povo de Deus.<ref name="CV2">[http://br.geocities.com/worth_2001/vaticanosegundo.html "''O Concílio Vaticano II''"], do site ''Doutrina Católica''</ref> A segunda parte é fundamentalmente pastoral, centrando-se nos diversos problemas do mundo actual: "''a [[explosão demográfica]], as [[injustiças sociais]] entre [[classes sociais|classes]] e entre [[povo]]s e o perigo da [[guerra nuclear]]''", entre outros problemas socias e económicos.