Abrir menu principal

Alterações

19 bytes adicionados, 11h47min de 14 de julho de 2016
Voltou então à [[Europa]] ([[Paris]]) em 1921, recém-casado com Elizabeth Hadley Richardson, seu primeiro casamento, com quem teve um filho. Na ocasião, trabalhava para a [[revista]] [[Canadá|canadense]] ''Toronto Star Weekly'' e, em início de carreira, se aproximou de outros principiantes: [[Ezra Pound]] (1885 – 1972), [[Scott Fitzgerald]] (1896 – 1940) e [[Gertrude Stein]] (1874 – 1940).<ref name=HV /> Hemingway era parte da comunidade de escritores expatriados em [[Paris]] conhecida como [[Lost Generation|"geração perdida"]], nome inventado e popularizado por Gertrude Stein.
 
A vida e a obra de Hemingway têm intensa relação com a [[Espanha]], país onde viveu por quatro anos. Uma breve mas marcante passagem para o escritor americano, que estabeleceu uma relação [[Emoção|emotiva]] e [[Ideologia|ideológica]] com os espanhóis. Em [[Pamplona]], em meados do {{séc|XX}}, fascinou-se pelaspela [[touradatauromaquia]]s, vindochegando entãoa tourear a transportarpé, essacomo amador, experiência paraque abordaria ono seu livro [[O Sol Também Se Levanta]] (1926). O seu segundo casamento (1927) foi com a jornalista de moda Pauline Pfeiffer, com quem viria a ter dois filhos. Em 1928, o casal decidiu morar em [[Key West (ilha)|Key West]], na [[Flórida]]. Em Key West, no entanto, o escritor sentiu falta da vida de jornalista e correspondente internacional. Ao mesmo tempo, o casamento com Pauline se tornou instável. Nessa época, conheceu Joe Russell, dono do ''Sloppy Joe's Bar'' e companheiro de farra.
[[Imagem:Hemingway's writing desk in Key West.jpg|esquerda|300px|thumb|Mesa do escritor em [[Key West (ilha)|Key West]], na [[Flórida]]]]
Já na [[década de 1930]], resolveu partir com o amigo para uma [[pesca]]ria. Dois dias em [[alto-mar]] que terminaram em [[Havana]], capital cubana, para onde passou a voltar anualmente na época da pesca ao [[marlim]] (entre os meses de maio e julho). Na cidade, hospedava-se no Hotel Ambos Mundos, em plena ''Habana Vieja'', bairro mais antigo da cidade, que se tornou o lar do escritor e o cenário que comporia sua história e a da própria ilha pelos próximos 23 anos. Duas décadas de turbulências que teriam, como desfechos, a [[Revolução Cubana|revolução socialista]] e o suicídio do escritor.<ref name=HV />
Utilizador anónimo