Abrir menu principal

Alterações

15 bytes adicionados ,  16h32min de 14 de julho de 2016
sem resumo de edição
}}
'''Héctor Eduardo Babenco''' ([[Mar del Plata]], [[7 de fevereiro]] de [[1946]] - [[São Paulo (cidade)|São Paulo]], [[13 de julho]] de [[2016]]) foi um [[cineasta]] [[argentino]], naturalizado [[brasil]]eiro de [[ascendência]] judaico-ucraniana<ref>[http://g1.globo.com/pop-arte/cinema/noticia/2016/07/hector-babenco-morre-aos-70-anos-em-sao-paulo.html Hector Babenco morre aos 70 anos em São Paulo] Rede Globo</ref>. Foi diretor de filmes como [[Pixote, a Lei do Mais Fraco]] e [[Carandiru (filme)|Carandiru]], além de [[O Beijo da Mulher-Aranha]], pelo qual recebeu a indicação ao [[Oscar 1986|Oscar]] de melhor direção em 1986.<ref name="uol">{{Citar web| url=http://cinema.uol.com.br/noticias/redacao/2016/07/14/morre-aos-70-anos-o-cineasta-hector-babenco.htm |título=Morre, aos 70 anos, o cineasta Hector Babenco |língua= |autor= |obra=Uol |data= |acessodata=14 de julho de 2016}}</ref>
 
Babenco casou-se com a atriz [[Bárbara Paz]] em 2010. Foi pai de duas filhas, Janka e Mira, de casamentos anteriores, e dois netos. Morreu na noite de 13 de julho de 2016, após ser internado no dia anterior para tratar de uma sinusite no [[Hospital Sírio-Libanês]], quando teve uma parada cardiorrespiratória, às 22h50 do dia 13.<ref name="uol"/>
 
 
O cineasta Hector Babenco morreu após parada cardíaca na noite desta quarta-feira (13) em São Paulo. Nascido na Argentina, mas naturalizado brasileiro, Babenco tinha 70 anos e havia sido indicado ao Oscar de melhor diretor pelo filme "O beijo da mulher aranha", de 1985. Também dirigiu clássicos como "Pixote" (1982) e "Lúcio Flavio, o passageiro da agonia" (1977).
 
'''==Carreira no Brasil'''==
 
Babenco nasceu na Argentina em 1946 e se naturalizou brasileiro em 1977. Fez aqui uma carreira com filmes de peso, como "Carandiru".
 
Nascido em uma família paulistana tradicional, mas já arruinada, Tertuliano tem de conviver com a doença mental do pai, o ocaso familiar e uma série de casos amorosos.
 
==Vida Pessoal==
Babenco casou-se com a atriz [[Bárbara Paz]] em 2010. Foi pai de duas filhas, Janka e Mira, de casamentos anteriores, e dois netos. Morreu na noite de 13 de julho de 2016, após ser internado no dia anterior para tratar de uma sinusite no [[Hospital Sírio-Libanês]], quando teve uma parada cardiorrespiratória, às 22h50 do dia 13.<ref name="uol"/>
 
 
== Filmografia ==
6 284

edições