Abrir menu principal

Alterações

→‎top: Fix isbn com erros, typos fixed: a a → a utilizando AWB
O '''16.º governo da [[Primeira República Portuguesa]]''',<ref group=Nota>Se o [[Governo Provisório da República Portuguesa|Governo Provisório]] (1910&ndash;1911), sendo um governo provisório e ainda não constitucional, não for contabilizado, então este governo será o 15.º governo da Primeira República Portuguesa.</ref> nomeado a 15 de maio de 1918 e exonerado a 23 de dezembro de 1918, foi liderado por [[Sidónio Pais]] (na sua capacidade de [[Lista de presidentes da República Portuguesa|presidente da República]]). Neste governo, ao invés do cargo de ''ministros'', os seus membros foram oficialmente designados ''secretários de Estado''. Após o assassinato de Sidónio Pais a 14 de dezembro de 1918, o Ministério investiu-se na totalidade do poder executivo e elegeu para seu novo presidente o até ao momento secretário de Estado da Marinha, [[João do Canto e Castro]], a 15 de dezembro. Entre 14 e 15 de dezembro, a totalidade do Ministério serviu como chefe de Estado e de governo. Entre 15 e 16 de dezembro, Canto e Castro foi chefe de Estado ''[[ex officio]]'' por inerência do cargo de presidente do Ministério, tendo a 16 sido eleito presidente da República, abandonando o primeiro,<ref name=Politipedia>{{citar web | url=http://www.politipedia.pt/governo-de-sidonio-pais-1917-1918/ | titulo=Governo de Sidónio Pais (1917&ndash;1918) | obra=Politipédia &mdash; Repertório Português de Ciência Política | publicado=Observatório Político | ultimo=Maltez | primeiro=José Adelino | acessodata=18 de fevereiro de 2013 }}</ref> não tendo, contudo, sido exonerado do mesmo (tal como havia sucedido com Sidónio Pais quando foi investido no cargo de presidente da República).
 
A sua constituição era a seguinte:<ref name=Politipedia/><ref>{{Citar livro |sobrenomeautores=Guimarãis, |nome=Alberto Laplaine; |autorlink= |coautor=Ayala, Bernardo Diniz de; Machado, Manuel Pinto; António, Miguel Félix |título=Os Governos da República: 1910&ndash;2010 |local=Lisboa |editora=Edição dos autores |página=225&ndash;226 |capítulo=16.º Ministério |isbn=978-989-97322-0-9 }}</ref><ref name=Politipedia/>
 
{| class="wikitable" cellpadding=2 cellspacing=2
| [[Alfredo Magalhães]] <small>(interino)</small> || 27 de junho de 1918 a 7 de setembro de 1918
|-
| [[João do Canto e Castro]] || 7 de setembro de 1918 a a 17 de dezembro de 1918
|-
| [[Alfredo Magalhães]] <small>(interino)</small> || 17 de dezembro de 1918 a 23 de dezembro de 1918