MebiByte: diferenças entre revisões

46 bytes removidos ,  16 de janeiro de 2007
sem resumo de edição
Os computadores utilizam como a unidade de básica medida dos dados o [[bit]], tanto para guardar dados como para endereçá-los dinamicamente. Dessa forma, cada posição de memória pode ser indicada por um número que é, no máximo, uma potência de dois exata menos um (veja [[Sistema binário (matemática)|sistema binário]] e, no mínimo zero, sendo que quantidade total de endereços é uma potência de dois.
 
Devido aà necessidade de indicar a quantidade de memória presente nos computadores, iniciou-se o hábito de utilizar os prefixos [[Sistema Internacional de Unidades|SI]] tradicionais (K,M,T) para indicar quantidades como Quilobyte (KB) e Megabyte (MB), porém, com a suposição que, nesses casos, um K equivale a 1024 (2<sup>10</sup> = 1024) e 1 M equivale a 2<sup>20</sup> = 1024*1024, e por assim em diante, o que é errado, dado que o prefixo mega corresponde a 1.000.000 de unidades.
 
Com o tempo, um megabyte, unidade corrente atualmente, passou a significar 1024*1024 Bytes quando se refere a memória de computador. No entanto alguns fabricantes de equipamentos usam os valores correctos para o megabyte, como é o caso dos [[disco rígido|discos rígidos]], dos [[DVD]]s, esurgindo até outras definições surgiram, como o caso das disquetes de "1.44MB" em que 1 MB corresponde a 1024000 bytes.
 
Pior ainda, osas [[BIOS]] indicam o tamanho do disco rígido em MB de memória. Isso confunde o usuárioutilizador, pois ao comprar um computador com 512MB de memória e 40GB de disco, ele encontrava todos os 512MB presentes, mas apenas 38GB no disco, muitas vezes se sentindo "roubado".
 
Tendo em vista resolver definitivamente esse problema, outros prefixos foram criados, os [[prefixos binários]]. Surgiram então o kibi (2<sup>10</sup>), o mebi (2<sup>20</sup>), o gebi (2<sup>30</sup>), o tebi (2<sup>40</sup>), o pebi (2<sup>50</sup>), etc.
Utilizador anónimo