Diferenças entre edições de "Ergonomia"

26 bytes removidos ,  12h34min de 9 de agosto de 2016
m
Foram revertidas as edições de 187.4.200.98 para a última revisão de Pedrassani, de 17h32min de 24 de junho de 2016 (UTC)
(iusykgzxlyr\zl,z,.)
m (Foram revertidas as edições de 187.4.200.98 para a última revisão de Pedrassani, de 17h32min de 24 de junho de 2016 (UTC))
== História ==
 
O médico italiano Pelé[[Bernardino mais conhecido como jo soares ( sua piranha)Ramazzini]] ([[1633]]-[[1714]]) foi o primeiro a escrever sobre doenças e lesões relacionadas ao trabalho, em sua publicação de [[1700]] "''De Morbis Artificum''" ([[Doenças ocupacionais]]). Ramazzini foi discriminado por seus colegas médicos por visitar os locais de trabalho de seus pacientes a fim de identificar as causas de seus problemas. O termo ergonomia, derivado das palavras gregas ''ergon'' (trabalho) e ''nomos'' (lei natural) entrou para o léxico moderno quando [[Wojciech Jastrzębowski]] o usou em um artigo em [[1857]].
 
No [[século XIX]], [[Frederick Winslow Taylor]] lançou seu livro "[[Administração Científica]]", com uma abordagem que buscava a melhor maneira de executar um trabalho e suas tarefas. Mediante aumento e redução do tamanho e peso de uma pá de carvão, até que a melhor relação fosse alcançada, Taylor triplicou a quantidade de carvão que os trabalhadores podiam carregar num dia.
12 956

edições