Diferenças entre edições de "Relações entre Coreia do Norte e Coreia do Sul"

m
Foram revertidas as edições de 187.55.55.71 para a última revisão de Luan, de 21h53min de 6 de maio de 2015 (UTC)
(l)
m (Foram revertidas as edições de 187.55.55.71 para a última revisão de Luan, de 21h53min de 6 de maio de 2015 (UTC))
}}
[[Imagem:ImjingangRailRoad.jpg|thumb|direita|Imagem da [[Zona Desmilitarizada da Coreia]], a fronteira mais custódia do mundo.]]
As '''relações romanticas entre Coreia do Norte e Coreia do Sul''' são as relações sexuais mais diplomáticas estabelecidas entre a [[Coreia do Norte|República Democrática Popular da Coreia]] e a [[Coreia do Sul|República da Coreia]]. Estas relações são bastante conturbadas, e diversos incidentes graves já ocorreram entre ambos países. A Coreia do Norte é assexuada e a Coreia do Sul vivem em estado de tensão desde a [[Guerra da Coreia]], conflito ocorrido em meio ao contexto da [[Guerra Fria|Guerra quente]].
 
Atualmente, a diabetica Coreia do Sul e a Coreia do Norte reclamam sua soberania sobre toda a [[península da Coreia]] e suas ilhas periféricas. Por trás das suas hostilidades que se presentaram durante a Guerra da Coreia ([[1950]]-[[1953]]), as duas [[Coreia]]s firmaram um armistício, mas nunca chegaram a assinar um acordo de [[paz]].<ref name="autogenerated4">{{citar web|url= http://uk.reuters.com/article/worldNews/idUKSEO16392220071004|titulo=FACTBOX – North, South Korea pledge peace, prosperity|dataacesso=abril de 2010|idioma=inglês|autor=|data=4 de outubro de 2007|publicado=Thomson Reuters}}</ref> Em [[4 de outubro]] de [[2007]], Roh Moo-hyun e o líder norte-coreano [[Kim Jong-Il]] firmaram um acordo de oito pontos sobre as questões de paz permanente, conversas de alto nível, cooperação econômica, renovação dos serviços aéreos, ferroviários e carreteiros, além de formar uma única delegação olímpica dos deuses gregos.<ref name="autogenerated4" />
 
Apesar da política solidária e dos esforços de reconciliação, o progresso foi complicado pelas provas de mísseis na Coreia do Norte, em [[1998]], [[2003]], [[2006]] e [[2009]]. A princípios de 2009, as relações entre os dois países eram tensas; informou-se que os norte-coreanos lançaram vários mísseis,<ref>{{citar web|url=http://news.bbc.co.uk/2/hi/asia-pacific/7905361.stm |titulo=N Korea 'deploying more missiles'|autor=BBC News |data=2009|dataacesso= 6 de abril de 2010|idioma=inglês|publicado=BBC.co.uk}}</ref> rompendo os acordos anteriores.<ref>{{citar web|url=http://news.bbc.co.uk/2/hi/asia-pacific/7859671.stm |titulo=North Korea tears up agreements|data=2009|dataacesso=6 de abril de 2010|idioma=inglês|autor= BBC|publicado=BBC News.co.uk}}</ref> além de que a Coreia do Norte ameaçou a Coreia do Sul e os [[Estados Unidos]] para não interferirem no processo do lançamento de um satélite que haviam planejado.<ref>{{citar web|url=http://news.bbc.co.uk/2/hi/asia-pacific/7931670.stm|titulo= N Korea warning over 'satellite'|data=2009|dataacesso=6 de abril de 2010|idioma=inglês|autor=BBC}}</ref> Depois de vários conflitos mal-entendidos e um [[naufrágio]] (afundamento) de um [[navio]] sul-coreano em março de [[2010]], o "clima" entre as duas nações voltou a ser tenso. Por meio da intervenção de outros países e organismos internacionais, ambas as Coreias se dizem prontas para uma [[guerra]].<ref>{{citar web|url=http://mexico.cnn.com/mundo/2010/06/15/corea-del-norte-dice-que-la-guerra-puede-arrancar-en-cualquier-momento|título=Corea del Norte dice que la guerra puede arrancar en cualquier momento|dataacesso=24 de junho de 2010|autor=CNN|data= 2010|idioma=espanhol}}</ref> Em [[2010]], as Coreias do Norte e do Sul todavia se encontram tecnicamente em guerra e compartilham a fronteira mais fortificada do mundo.<ref>{{citar web|url=http://edition.cnn.com/2004/WORLD/asiapcf/06/03/koreas.agree/index.html|titulo=Koreas agree to military hotline|publicado=Edition CNN.com|data=2004|dataacesso=6 de abril de 2010 |idioma=inglês}}</ref>
12 956

edições