Diferenças entre edições de "Gerolama Orsini"

112 bytes removidos ,  17h23min de 15 de agosto de 2016
sem resumo de edição
|conjugue =[[Pedro Luís Farnésio]]
|pai =Ludovico Orsini
|mãe =JiúliaJúlia Conti
|data de nascimento ={{dni|lang=br|||1504|si}}
|local de nascimento=[[Roma]], [[Itália]]
|local da morte =[[Palazzo Farnese (Placência)|Palazzo Farnese]], [[Placência]], [[Itália]]
}}
'''Gerolama Orsini''' ([[1504]] – [[1590]]) por vezes também chamada '''Girolama Orsini''' (em [[lingua portuguesa|português]] ''Jerónima Orsini'') era uma nobre italiana membro da influente [[família Orsini]] que casou com o primeiro [[Ducado de Castro|duque de Castro]] e primeiro [[Ducado de Parma e Piacenza|duque de Parma e Piacenza]], [[Pedro Luís Farnésio]].
 
==Biografia==
Nascida em [[Roma]], era filha de Luís (''Ludovico'') Orsini e de Júlia (''Giulia'') Conti. Em 1513, foi estabelecido um contrato de noivado entre os Orsini e [[Pedro Luís Farnésio]], sendo o casamento celebrado em [[Valentano]], em 1519.
 
O seu marido era o filho ilegítimo do Papa [[Paulo III]] e de Silvia Ruffino. O casal teve cinco filhos três dos quais também tiveram descendência. Apesar de um casamento de conveniência, Gerolama manteve-se uma esposa devota e fiel, tolerando os excessos, brutalidade e extravagâncias do marido.
Do casamento de Girolama Orsini com Pedro Luís Farnésio nasceram cinco filhos:
 
*[[AlexandreAlessandro FarnésioFarnese (cardeal)|AlexandreAlessandro]] (''Alessandro''), bispo de Parma, mais tarde nomeado Cardeal;
*[[OctávioOttavio FarnésioFarnese|OctávioOttavio]] (''Ottavio''), que sucedeu ao pai como Duque de Parma;
*[[RainúncioRanuccio Farnésio (cardeal)Farnese|RainúncioRanuccio]] (''Ranuccio''), também nomeado Cardeal;
*[[Vitória Farnésio|Vitória]] (''Vittoria''), que casou com [[Guidobaldo II Della Rovere|Guidobaldo II]], [[Ducado de Urbino|Duque de Urbino]];
*[[Horácio Farnésio|Horácio]] (''Orazio''), que casou com [[Diana de França|Diana, Duquesa de Angoulême]] (1538–1619), filha natural de [[Henrique II de França]].
 
==Ver também==