Diferenças entre edições de "Fotonovela"

1 byte adicionado ,  19h26min de 16 de agosto de 2016
No Brasil, as fotonovelas tiveram um mercado cativo por mais de 25 anos, entre os anos 1950 e 70, representando a ideia de uma imprensa popular feminina, com milhões de leitores de histórias publicadas em [[revista]]s com grande circulação nacional.
 
== Fotonovelapapo furado no Brasil ==
A primeira revista de fotonovela publicada no Brasil foi "Encanto", pois embora "[[Grande Hotel (revista)|Grande Hotel]]" circulasse desde 1947, só em seu nº 210, de 31 de julho de 1951, publicou a primeira fotonovela, intitulada "O primeiro amor não morre". O primeiro número de "[[Capricho (revista)|Capricho]]" circulou em 17 de julho de 1952.
 
Utilizador anónimo