Abrir menu principal

Alterações

341 bytes removidos, 01h35min de 23 de agosto de 2016
Rv. a He7d3r, Oct. de 2015
{{ver desambig}}
[[File:Azazel.jpg|thumb]]
'''Azazel ou ZoZo''' ({{lang-he|עזאזל}}){{Ref label2|a}} é o nome atribuído a um [[anjo (Judaísmo)|anjo]], que seria encarregado da tarefa de levantar as faltas humanas e as enumerar perante o Tribunal Divino, durante o julgamento anual da humanidade.<ref name="ref1">{{Citar web|lingua2=en|url=http://www.kabbalaonline.org/kabbalah/article_cdo/aid/1628171/jewish/The-Goat-Bribe.htm|título=The Goat Bribe - Based on Zohar Emor 102B - The Zohar|acessodata=07.jul.2012}}</ref> É, por outro lado, uma figura misteriosa, que aparece por três vezes na [[Bíblia Hebraica]], relacionado expressamente com o ritual do [[Yom Kipur]], quando, na época do [[Templo de Jerusalém]], um bode era sacrificado para o Criador e outro era ofertado a Azazel, sendo este último animal encaminhado ao [[deserto]], mas essa segunda parte é baseada na mitologia judaica e não na Bíblia, pois a transliteração da palavra original é "az'el " e em hebraico "el" é Deus.<ref>{{Citar livro|lingua3=en|título=Celebrating the Jewish Year|subtítulo=The fall holidays, Rosh Hashanah, Yom Kippur, Sukkot|autor={{Smallcaps|Steinberg}}, Paul; {{Smallcaps|Potter}}, Janet Greenstein|local=Filadélfia|editora=Jewish Publication Society|ano=2007|volume=1|página=68}}</ref><ref>{{Citar livro|lingua3=en|título=Hebrew Religion|subtítulo=Its origin and development|autor={{Smallcaps|Oesterley}}, William Oscar Emil; {{Smallcaps|Robinson}}, Theodore|local=Montana|editora=Kessinger|ano=2003|página=66|isbn=0-7661-3866-6}}</ref><ref name="ref2">{{Citar livro|lingua2=es|título=Breve enciclopedia del judaísmo|primeiro=Dan|último=Cohn-Sherbok|local=Madrid|editora=Istmo|ano=2003|página=56|isbn=84-7090-408-6}}</ref> Azazel também é comumente conhecido como o responsável pelo pecado da Ira entre os Sete Príncipes do Inferno (que correspondem os sete pecados).
 
== História ==
Azazel é considerado um demônio advindo de uma seita judaica que adorava um ídolo em forma de carneiro e oferecia sacrifícios em holocausto a esta figura caprina. Dizem, certas correntes, que havia rituais de sodomia e zoofilia, nos quais, grupos de judeus imolados pelo espírito do ídolo, no caso o demônio Azazel, entregavam suas virgens para praticar atos sexuais ou libidinosos com cabras e outros homens, em um ritual macabro e pervertido. Os reis de Judá descobriram esta seita que adorava a ídolos, e contrariava os mandamentos da Torá entregues a Moisés. Houve uma batalha na cidade aonde esta seita se encontrava e todos os judeus que adoravam Azazel, bem como a cidade, foram destruídos.
 
* Segundo a lenda, Azazel foi o ex-arcanjo Natanaél que se lançou do paraíso para libertar sua amada de uma prisão no inferno. Antes disso, era um anjo cuja a missão era treinar as tropas celestiais e ser um emissário enviado para viver entre os humanos; nesta missão, teve relações com as mulheres dos homens, e isto motiva a crença de que os rituais de invocação de Azazel ocorrem através da prática de atos sexuais entre mulheres e cabras. Azazel é o rei dos Shekmitas, ou seja, a raça de demônios meio homens e meio cabras, com aspecto parecido com o de [[Baphomet]] que tambem é um [[demônio]] Shekmita famoso. Aquele é responsável pela desgraça dos idólatras e seu poder é comparável ao dos demônios mais fortes do inferno; ele comanda as legiões Shekmitas no inferno, sendo um general que responde somente ao próprio [[Lúcifer]]. A boatos não comprovados de que Azazel vive nos dias de hoje entre os homens na busca incessante de estar novamente com sua amada cuja a voz seja de fato a única coisa que acalma sua ira
 
== Ritual do Dia do Perdão ==
No [[Levítico|terceiro livro]] do Darashi[[Tanach]], consta que entre os rituais do [[Yom Kipur|Dia do Perdão]], quando ocorre anualmente a finalização do julgamento da humanidade, havia, na época em que ainda estava edificado o [[Templo de Jerusalém]], a obrigação de separar dois [[bode]]s idênticos (mesma cor, mesmo peso, mesma altura etc.). O primeiro era sacrificado para o Eterno, e o segundo, deixado no deserto e era chamado Azazel.<ref>[[Jewish Encyclopedia]]: {{Citar web|lingua3=en|url=http://www.jewishencyclopedia.com/articles/2203-azazel|título=AZAZEL|acessodata=11.jul.2012}}</ref> Ele caminhava carregando os pecados até encontrar um lugar para se precipitar. Ele não parava de andar até cumprir seu destino, representando o que hoje é, e sempre, foi o destino de satanás.
 
A despeito de o texto dizer que um dos animais deveria ser deixado para Azazel, não se tratava de uma oferta ''de per se'', mas o ritual estava ligado, simbolicamente, mais às origens do povo hebreu, com seus antepassados [[Esaú]] e [[Jacó]], que eram gêmeos, e, assim, se ritualizava essa memória.
 
=== Supernatural ===
Apareçe na série na primeira e segunda temporada
Aparece na série na primeira e segunda temporada.segundo a serie supernatural, azazel é o demônio de olhos amarelos, responsável por colocar sangue na boca de Sam winchester quando ainda bebê. pela a morte de sua mãe e sua namorada.
 
[[Categoria:Anjos caídos]]
188 817

edições