Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 12h44min de 30 de agosto de 2016
sem resumo de edição
Um dos maiores atacantes da história do futebol argentino, atuava como ponteiro direito.Começou no [[Club Atlético San Telmo|San Telmo]], em [[1925]], depois jogou pelo [[Sportivo Buenos Aires]]. Atuou com muito destaque na primeira [[Copa do Mundo FIFA]], que foi disputada em 1930 no [[Uruguai]], marcando 3 gols, inclusive um na final contra os anfitriões. No total foram 29 jogos e 13 gols com a camisa ''albiceleste'' dos platinos entre 1928 e 1940, com a seleção argentina foi campeão da [[Copa América]], quando essa competição era chamada de Campeonato Sul-Americano em 1929 e 1937.
 
Depois do mundial, o poderoso [[Club Atlético River Plate|River Plate]] comprou o seu passe por 10.000 pesos, uma quantia enorme para a época; foi a partir daí que o clube passaria a ser conhecido como ''millonarios''.<ref>"Carlos Peucelle", ''El Gráfico especial'' número 27, "100 Ídolos de River", novembro de 2010, pág. 45</ref> Foram 307 jogos entre 1931 e 1941, com 113 gols assinalados pela camisa ''Millionaria'', conquistando os campeonatos argentinos de [[Campeonato Argentino de Futebol de 1932 (LAF)|1932]], [[Campeonato Argentino de Futebol de 1936|1936]] ([[Copa Campeonato de 1936|Copa Campeonato]] e [[Copa de Oro de 1936|Copa de Oro]]), [[Campeonato Argentino de Futebol de 1937|1937]] e [[Campeonato Argentino de Futebol de 1941|1941]]. Juntamente com nomes como [[Adolfo Pedernera]] e [[Bernabé Ferreyra]] fez história uma celebrada equipe do River, sendo considerado um dos pais da ''La Máquina'' que encantaria o país nas [[década de 1930|décadas de 1930]] e [[década de 1940|1940]].
 
{{referências}}