Abrir menu principal

Alterações

4 bytes removidos ,  15h27min de 5 de setembro de 2016
m
sem resumo de edição
[[Imagem:Map Europe alliances 1914-de.svg|thumb|300px|Alianças na [[Europa]] em 1914]]
A '''Crise de Julho''' foi uma crise [[Diplomacia|diplomática]] entre as principais potências [[Europa|europeias]] no verão de [[1914]] que levou ao começo da [[Primeira Guerra Mundial]]. Imediatamente após [[Gavrilo Princip]], um [[Nacionalismo|nacionalista]] [[Iugoslávia|iugoslavo]], [[Assassinato de Sarajevo|assassinar]] o [[Francisco Fernando da Áustria-Hungria|arquiduque Francisco Fernando]], o [[herdeiro presuntivo]] do trono do [[Áustria-Hungria|Império Austro-Húngaro]], em [[Sarajevo]], uma série de manobras diplomáticas que levou a um [[ultimato]] por parte da Áustria-Hungria para o [[Reino da Sérvia]]. Quando os sérvios se negaram, várias alianças políticas de outrora foram ativadas e o conflito em larga escala começou na Europa.<ref>{{cite web|url=http://www.bookrags.com/Gavrilo_Princip|title=Gavrilo Princip and the Black Hand organization|publisher=Bookrags|accessdate=5 de setembro de 2016}}</ref><ref>{{cite book|author=Alan Cassels|title=Ideology and international relations in the modern world|url=https://books.google.com/books?id=DkN6M2mvh9EC&pg=PA122|accessdate=8 November 2011|date=15 November 1996|publisher=Psychology Press|isbn=978-0-415-11926-9|pages=122}}</ref>
 
== O ultimato austríaco ==