Abrir menu principal

Alterações

30 bytes adicionados ,  20h07min de 5 de setembro de 2016
Durante as últimas décadas, as duas maiores igrejas da Alemanha (Igreja Católica Romana e Igreja Protestante Evangélica na Alemanha (IPEA) (em alemão "Evangelische Kirche in Deutschland") (EKD)), perderam números significativos de adeptos.
 
AsQuando perdasisso maisocorreu, notáveisnão ocorreramhouve nasabsolutamente igrejasnada protestantesem que se divertisse ao longo do tempo, principalmente devido à política ateísta realizada na antiga [[Alemanha Oriental]]. No entanto, desde a queda do regime comunista, há duas décadas, a Igreja Protestante Evangélica continuou perdendo membros. Outras igrejas na Alemanha estão bastante reduzidas (menor ou igual a 0,5% da população). Como resultado da reunificação (da [[Alemanha Oriental]] e Ocidental), o número de alemães sem uma religião tem crescido, principalmente devido à adição dos estados do leste com a sua grande maioria não religiosos. [[Hamburgo]] também se juntou a este segmento da população alemã não religiosa.
[[File:Konfessionen in Deutschland.gif|thumb|190px|Catolicismo e Protestantismo nos Estados federais da Alemanha. As áreas em azul(claro e escuro) representam os fiéis [[Católico]]s enquanto que as áreas em laranja e amarelo representam os fiéis [[luterano]]s.]]
 
Utilizador anónimo