Diferenças entre edições de "Kali Yuga"

3 bytes adicionados ,  00h32min de 6 de setembro de 2016
bot: revertidas edições de 179.157.32.135 ( modificação suspeita : -19), para a edição 44833910 de Erico Tachizawa
(→‎Descrição: Apesar de "aparência demoníaca" Kali representa a energia feminina (Sákti) da mãe divina, portanto uma Deusa, não demônio. Gratidão)
(bot: revertidas edições de 179.157.32.135 ( modificação suspeita : -19), para a edição 44833910 de Erico Tachizawa)
{{Sem-fontes|data=fevereiro de 2012| angola=| arte=| Brasil=| ciência=| geografia=| música=| Portugal=| sociedade=|1=|2=|3=|4=|5=|6=}}
'''Kali Yuga''' ([[Sânscrito]]: कलियुग [kəli juɡə], "Idade dado DeusaDemônio Kali" ou "Idade do Vício") é um período que aparece nas escrituras [[Hinduísmo|hindus]]. É a última das quatro etapas que o mundo atravessa, sendo, as demais: [[Satya Yuga]], [[Treta Yuga]] e [[Dwapara Yuga]]. Seu ponto de início e sua duração têm dado origem a diferentes avaliações e interpretações. De acordo com a mais conhecida, o [[Siddhanta Surya]], Kali Yuga começou à meia-noite em 18 de fevereiro de 3102 a.C. no [[calendário juliano]], ou 23 de janeiro de 3102 a.C. no [[calendário gregoriano]], considerada a data em que [[Krishna]] deixou a Terra para retornar a [[Goloka Vrindavana]], sua morada espiritual.
 
A maioria dos intérpretes das escrituras hindus, tais como [[Prabhupada]], acreditam que a Terra está atualmente em Kali Yuga. Muitos outros, como [[Sri Yukteswar Giri|Swami Sri Yukteswar]] e [[Paramahansa Yogananda]], acreditam que agora é Dwapara Yuga. E alguns, como [[Aurobindo]], afirmam que Kali Yuga já acabou.