Abrir menu principal

Alterações

999 bytes removidos ,  21h04min de 12 de setembro de 2016
Adicionei informações relevantes sobre a carreira da cantora, atualizando o texto em geral.
{{Info/Música/artista
|nome = Ana Cañas
|imagemfundo = Ana Cañas no Sesc Vila Mariana.jpgCantora
|tipoimagem vocal =
|legenda = Ana Cañas no [[Serviço Social do Comércio|Sesc Vila Mariana]] em 2012.
|fundoalt=|apelido = <!-- =Alcunha ou apelido do artista cantor_solo-->
|nascimento_cidade=São Paulo|origem = [[São Paulo (cidade)|São Paulo]], [[São Paulo|SP]]
|Nome Completo =
|origem = [[São Paulo (cidade)|São Paulo]], [[São Paulo|SP]]
|país = {{BRA}}
|nascimento = {{dni|lang=b|14|9|1980}}
|falecimento = <!-- Data de falecimento -->
|apelido = <!-- Alcunha ou apelido do artista -->
|atividade = <!-- Período de atividade -->
|tipo vocal =
|instrumento = Vocal, violão
|modelos = <!-- Modelos favoritos do instrumento -->
|gênero = [[MPB]], [[rock]], [[Música pop|pop]], [[música contemporânea|contemporânea]]
|instrumento = VocalVoz, violãoViolão e Guitarra
|tipo vocal =
|gravadora = Guela Records, [[Som Livre]]
|afiliações = Nando Reis
|website = http://www.anacanas.com.br/
|Nome Completo =
|nascimento = {{dni|lang=b|14|9|1980}}
|falecimento = <!-- Data de falecimento -->
|atividade = <!-- Período de atividade -->
|apelidomodelos = <!-- AlcunhaModelos ou apelidofavoritos do artistainstrumento -->
}}
'''Ana Cañas''' ([[São Paulo (cidade)|São Paulo]], {{dnibr|14|9|1980|si}}) é uma [[cantor]]a, e [[compositor]]a, [[Arranjo (música)|arranjadora]] e [[produtora musical]] [[brasil]]eirabrasileira.<ref>{{citar web|url=http://www.dicionariompb.com.br/ana-caas|titulo=Biografia no Cravo Albin|obra=[[Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira|dicionariompb.com.br]]|acessodata=24/12/2012}}</ref>
 
==Biografia==
Ana Cañas é uma cantora e compositora brasileira formada em Arte Cênicas pela ECA / USP.
Ana Cañas é uma cantora brasileira formada em Arte Cênicas, que descobriu seu dom na música depois dos vinte e dois anos de idade. Estreou em [[2007]] no cenário musical com o álbum ''[[Amor e Caos]]'', cuja canção "Coração Vagabundo", de [[Caetano Veloso]], integrou a trilha sonora da novela ''[[Beleza Pura]]'', da [[Rede Globo]]. Fez sucesso na internet com hits como "Super Mulher", "Devolve, Moço" e "Cade Você?", e, a partir de [[2008]], participou de algumas edições do programa ''[[Som Brasil]]'', exibido pela mesma Rede Globo. Em [[2009]] lançou ''[[Hein?]]'' que contêm o hit "Esconderijo", da trilha sonora de ''[[Viver a Vida (telenovela)|Viver a Vida]]''.
 
Em [[2012]] lançou seu terceiro álbum de estúdio intitulado ''[[Volta (álbum de Ana Cañas)|Volta]]''<ref>{{citar web|url=http://www.territoriodamusica.com/resenhas/?c=4330|título=Ana Cañas: Volta|publicado=Território da Música|data=16 de julho de 2012|acessodata=6 de agosto de 2015}}</ref>, o álbum foi bem recebido pela crítica, nele se mostra uma combinação dos dois primeiros álbuns de Ana, é uma mistura da Ana doida de ''[[Hein?]]'' (2009) com a suave sofisticação de ''[[Amor e Caos]]'' (2007).
Estreou em [[2007]] no cenário musical brasileiro com o lançamento do álbum ''[[Amor e Caos]]'' (Sony Music), que traz as primeiras composicões autorais de Ana e uma versão para a canção "Coração Vagabundo", de [[Caetano Veloso]], que integrou a trilha sonora da novela ''[[Beleza Pura]]'', da [[Rede Globo]]. O álbum de estréia foi muito elogiado pela crítica especializada, considerando Ana a grande revelação musical do ano. Em [[2008]], participou da edição do programa ''[[Som Brasil]]'' Cazuza, exibido pela mesma emissora e concorreu ao Prêmio Multishow 2008, na categoria 'Revelação".
 
Em [[2009]], lança o segundo disco de estúdio, intitulado ''[[Hein?]]'' (Sony Music), que contém parcerias com Arnaldo Antunes e a participação de Gilberto Gil ao violão . A canção "Esconderijo", de autoria da própria Ana, alcançou projeção nacional ao integrar a trilha sonorada novela de Manoel Carlos, ''[[Viver a Vida (telenovela)|Viver a Vida]]''.
"Esconderijo" também foi eleita pela revista Rolling Stone uma das melhores músicas do ano e ganhou clipe em película dirigido por Selton Mello.
 
Ainda em 2009, Ana grava, a convite do cantor e compositor Nando Reis, a música "Pra Você Guardei O Amor" - dueto que se tornou um grande hit nacional.
 
Em [[2012]], lançouAna seuretorna terceiroao álbumestúdio dee estúdiolança o intituladodisco ''[[Volta (álbum de Ana Cañas)|Volta]]''<ref>{{citar web|url=http://www.territoriodamusica.com/resenhas/?c=4330|título=Ana Cañas: Volta|publicado=Território da Música|data=16 de julho de 2012|acessodata=6 de agosto de 2015}}</ref>, (o primeiro pela gravadora Som Livre). O álbum foicontém bemversões recebidopara pela"Rock crítica,And neleRoll" sedo mostraLed umaZeppelin combinaçãoe dosas doismúsicas primeirosautorais álbuns"Será deQue AnaVocê me Ama?" e "Urubu Rei", éentre umaoutras. misturaPosteriormente, dadisco Ana"Volta" doidatransformou-se deno ''[[Hein?]]''show (2009)"Coração Inevitável" e contou com a suave sofisticaçãodireção e iluminação de ''[[AmorNey Matogrosso. O show foi registrado e Caos]]''lançado (2007)em DVD em 2013.
Já no ano [[2014]] fez uma gravação da música do [[Chico Buarque]] "Acalanto Para Helena" inédita para novela [[Jóia Rara]] da [[Rede Globo]] logo em seguida sua música "L'amour" fez parte da trilha sonora da novela "[[Em Família]]" também da "[[Rede Globo]]" na qual fez uma breve participação de um capítulo.<ref>{{citar web|url=http://www.dicionariompb.com.br/ana-caas|titulo=Biografia Ana Canãs|obra=|acessodata=}}</ref><br/>
 
Em [[2015]] Ana Cañas lança seu quarto álbum de estúdio intituladoe o primeiro totalmente autoral, "''[[Tô na Vida]]''", e no dia 6 de julho de 2015 foi lançado o single homônimo do disco<ref>{{citar web|url=http://rollingstone.uol.com.br/noticia/exclusivo-ana-canas-divulga-clipe-para-balada-to-na-vida/#imagem0|título=Exclusivo: Ana Cañas divulga clipe para a balada “Tô Na Vida”|publicado=[[Rolling Stone Brasil]]|data=7 de junho de 2015|acessodata=8 de junho de 2015}}</ref> e ganhou clipe dirigido pela própria Ana em parceria com Philippe Noguchi.. Em entrevista, Ana Cañas revelou que o disco ''"Tô na Vida"'' nasceu do desejo de equiparar o som dosdo discosdisco com a energia dodos show,shows noe showdas anteriorperformances ''Coraçãoao Inevitável'' (2013)vivo. possuía um set rock'n'roll que inspirou a cantora a gravarÉ um disco commais essaroqueiro, pegada<ref>{{citargravado web|url=http://www.radiouniversitariafm.com.br/audios/entrevista-de-ana-ana-canas-no-brasil-novos-sons/|título=Entrevistaao com Ana Cañas no Brasil Novos Sons|publicado=Universitária FM|data=7vivo, de outubromaneira deorgância 2015|acessodata=4e defoi janeiromixado de 2016}}</ref>. Esse novo disco também é o primeiro totalmente autoralpor daMario cantoraCaldato.
 
Em [[2016]] a cantora faz a sua estreiaestréia nonacional cinemanos comcinemas, oao filmeparticipa do longametragem "''Amores Urbanos",'' da diretora Vera Egito (com quem Ana já havia trabalhado anteriormente no clipe de "Urubu Rei" e no DVD "Coração Inevitável"). No filme, Ana interpreta a homossexual Duda, que têm problemas de assumir publicamente o seu relacionamento com a namorada<ref>{{citar web|primeiro=Maria|último=Fortuna|url=http://blogs.oglobo.globo.com/gente-boa/post/ana-canas-sobre-drama-de-novo-papel-se-eu-fosse-gay-assumiria-numa-boa.html|título=Ana Cañas, sobre drama de novo papel: 'Se eu fosse gay, assumiria numa boa'|publicado=[[O Globo]]|data=13 de março de 2016|acessodata=15 de março de 2016}}</ref>. AnaO Cañasfilme éfoi formadaexibido em Artesdiversos Cênicasfestivais pela [[Escola de Comunicaçõesinternacionais e Artesganhou da Universidade de São Paulo|ECA-USP]], mas sempre disse não ter vocação nenhuma para atriz<ref>{{citar web|primeiro=Rodrigo|último=Amaralelogios da Rocha|url=http://billboard.com.br/noticias/cantora-ana-canas-vivera-personagem-gay-no-cinema/|título=Cantoraimprensa Ana Cañas viverá personagem gay no cinema|publicado=[[Billboard Brasil]]|data=26 de fevereiro de 2016|acessodata=15 de março de 2016}}</ref>, mas recebeu o convite da diretora Vera Egito, amiga com quem já trabalhou no DVD e clipe. Quando recebeu o roteiro de sua personagem Ana não sentiu capaz de fazer o papel porque era muito diferente dela, mas Vera queria tanto a participação da cantora que reescreveu a personagem para Ana se sentir mais à vontade<ref>{{citar web|primeiro=Lizandra|último=Pronin|url=http://www.territoriodamusica.com/noticias/?c=41289|título=Ana Cañas e Thiago Pethit estreiam como atores em "Amores Urbanos"|publicado=Território da Música|data=29 de fevereiro de 2016|acessodata=15 de março de 2016}}</ref>especializada.
 
== Discografia ==
| ''[[2008]]''
| ''Devolve, Moço''
|Fred Ouro Preto e Carina Zaratin
|
|-
| ''[[2009]]''
| ''[[2010]]''
| ''Luz Antiga''
|Fleavio Rossi e Lucas Martins
|
|-
| ''[[2011]]''
3

edições