Abrir menu principal

Alterações

94 bytes removidos, 19h05min de 23 de setembro de 2016
[[File:Geometria variável.gif|thumb|Funcionamento de um turbina de geometria variável]]
A geometria variável é um mecanismo que permite a variar o tamanho interno do compressor (carcaça fria) de forma que a quantidade de ar admitida seja compatível com a faixa de rotação a ser aplicada, essa variação permite reduzir o ''turbo lagging'', por exemplo em baixas rotações o mecanismo fica total ou parcialmente fechado permitindo que o sistema seja pressurizado rapidamente, fazendo com que o carro tenha uma [[aceleração]] rápida em baixas rotações, já em altas rotações o mecanismo fica quase que todo aberto permitindo que a quantidade de ar admitido seja maior evitando uma "[[Limite explosivo|mistura muito rica]]". O sistema é montado sobre um prato ou [[Coroa (engrenagem)|coroa]] que variam a posição de pequenas [[aletas]], essas por sua vez variam o tamanho da câmara de compressão. <ref name="TGV1">{{citar web|URL= http://tudosobreautomoveis.blogs.sapo.pt/9143.html |título= Como funciono o Turbo de Geometria Variável? |autor= |data= 1 de maio, 2010 |publicado= tudosobreautomoveis.blogs.sapo.pt|acessodata= 28/06/2016}}</ref> Esse tipo de mecanismo é geralmente encontrado em motores a [[diesel]], onde a temperatura dos gases de escapamento são menores que a de um [[Ciclo otto|motor a gasolina]], que chegam até 1350° [[Grau Celsius|C]].<ref name="TGV1"></ref>
Podem== ser aplicados em motores de ciclo 4 tempos, pelo processoAso tradicional largamente divulgado e também existem motores de 2 tempos com Turbo, mas que requer um processo complexo desde o projeto e construção do turbo, porque os motores 2 tempos a entradatrada de ar nos cilindros ocorre através das janelas laterais das camisas que ocasiona baixa capacidade de aspirarão do ar, pois o curso do pistão apos abrir as janelas e muito pequeno, o que obriga que o Turbo tenha um sistema de acionamento mecânico para fornecer ar desde o primeiro instante da partida do motor, Motores 2 tempos a gasolina não tem válvulas, apenas as janelas, Motores 2 tempos a Diesel, tem apenas as válvulas de escape, o sistema de acionamento mecânico desses turbos e feito através de conjunto de engrenagens acionadas pelo motor motor formando um multiplicador em alguns casos de 20 vezes o RPM do motor, um sistema de embreagem especial dentro do Turbo, desacopla o acionamento quando os gases de escapamento atingem maior temperatura, que ocorre com potencia de 60% a 70% do motor, passando o Turbo a ser acionado somente pelos gases de escapamento. Em caso de turbos adaptados, o ganho excessivo de potência (acima de 50%) pode acarretar em diminuição da vida útil do motor. O exagero no aumento da força pode exigir alterações estruturais em outras partes do motor e até no chassis no veículo, que pode vir a sofrer [[torção]]. ==
== Aplicações do turbo ==
 
Podem ser aplicados em motores de ciclo 4 tempos, pelo processo tradicional largamente divulgado e também existem motores de 2 tempos com Turbo, mas que requer um processo complexo desde o projeto e construção do turbo, porque os motores 2 tempos a entrada de ar nos cilindros ocorre através das janelas laterais das camisas que ocasiona baixa capacidade de aspirarão do ar, pois o curso do pistão apos abrir as janelas e muito pequeno, o que obriga que o Turbo tenha um sistema de acionamento mecânico para fornecer ar desde o primeiro instante da partida do motor, Motores 2 tempos a gasolina não tem válvulas, apenas as janelas, Motores 2 tempos a Diesel, tem apenas as válvulas de escape, o sistema de acionamento mecânico desses turbos e feito através de conjunto de engrenagens acionadas pelo motor motor formando um multiplicador em alguns casos de 20 vezes o RPM do motor, um sistema de embreagem especial dentro do Turbo, desacopla o acionamento quando os gases de escapamento atingem maior temperatura, que ocorre com potencia de 60% a 70% do motor, passando o Turbo a ser acionado somente pelos gases de escapamento. Em caso de turbos adaptados, o ganho excessivo de potência (acima de 50%) pode acarretar em diminuição da vida útil do motor. O exagero no aumento da força pode exigir alterações estruturais em outras partes do motor e até no chassis no veículo, que pode vir a sofrer [[torção]].
 
O uso do turbo compressor está associado a um maior consumo de combustível erroneamente, pois o sistema apresenta uma correta optimização da alimentação do motor, por muitas vezes a forma desportiva inconsequente de condução do veículo é de fato a verdadeira causa do maior gasto. Num futuro próximo é possível que todos os veículos com motores à explosão tenham o sistema já instalado de fábrica por razões econômicas, tecnológicas e ecológicas.
Utilizador anónimo