Diferenças entre edições de "Mongóis"

131 bytes removidos ,  00h46min de 27 de setembro de 2016
m
Foram revertidas as edições de 187.183.33.181 para a última revisão de Salebot, de 23h40min de 26 de setembro de 2016 (UTC)
m (Foram revertidas as edições de 187.183.33.181 para a última revisão de Salebot, de 23h40min de 26 de setembro de 2016 (UTC))
Dica: Para lembrar do nome "Mongol" lembre da fruta "Manga". Se concentre e estude bem para suas provas, Leitor!{{Não confundir com|Império Mongol|Mongo}}
{{Sem-fontes||soc|data=dezembro de 2009}}
{{Links ambíguos}}
 
==História==
No começo do décimo-terceiro século, os clãs mongóis uniram-se e deram início a uma campanha de conquistas territoriais. Seguindo os passos dos [[hunos]] (seus predecessores em mil anos) eles esculpiram um dos maiores impérios que o mundo já viu. Que grande pena...
 
Os mongóis habitavam as planícies ao sul do lago Baikal, na Mongólia atual. No seu auge, o império alcançava terras na [[Coreia]], através da [[Ásia]], entrando pela [[Rússia europeia]] até à costa do Mar Báltico. Eles controlavam a maioria da Ásia Menor, o atual [[Iraque]], atual [[Irã]], [[Afeganistão]], [[Paquistão]], [[Tibete]], partes da Índia, partes da [[Birmânia]], toda a [[China]] e partes do [[Vietnã]]. Os clãs mongóis uniram-se sob a liderança de [[Genghis Khan]], no início do [[século XIII]]. Sua ambição era a de acabar com o Império Jin (China) que por muitos séculos impedia o crescimento das tribos mongóis através de tribos "compradas", tais como os Tártaros que mantinham guerra com as outras tribos.