Diferenças entre edições de "Sanshou"

1 523 bytes removidos ,  04h35min de 1 de outubro de 2016
sem resumo de edição
(O sanshou como esporte de combate)
 
Em [[1979]], o ''Comitê Chinês de Esportes Nacionais'' (CCEN) decidiu que o sanshou estaria ligado ao wushu como esporte de competição. Devido ao espaço de tempo entre seu surgimento e a oficialização pelo governo o sanshou não tinha metodologia de treino, padronização de técnicas e principalmente regras. Até meados dos [[anos 80]] o sanshou como esporte continuou a se desenvolver dentro de colégios e universidades ligadas à educação física, além de experimentação em campeonatos. Em [[1982]], o CCEN finalmente chegou a uma metodologia de treino e regras para competições que vêm sendo aos poucos modificadas. O primeiro ringue era redondo com nove metros de diametro.
 
“O Sanshou Moderno desenvolveu-se como desporto em 1960, sob tutela do Governo Chinês. Assim, de maneira a uniformizar os estilos de Kung-Fu, convocou  grandes mestres  e estudiosos das universidades de esporte de toda China, juntaram-se com o objetivo de organizar um sistema em que as regras fossem comuns para todos. Daí resulta o nascimento do Sanshou ( esporte de combate)”. A síntese do esporte de combate da China que depois viria a ser a luta mais difundida no bloco socialista no leste europeu e oriente médio.
 
(...) consiste em técnicas de ataque e defesa onde são permitidos os golpes de socos, chutes e as projeções (quedas). Devido à diversidade de técnicas torna-se um esporte muito dinâmico e atraente. Permite que o praticante vivencie experiências limite e exige raciocínio rápido, além de impor intensidade fisiológica benéfica ao sistema cardiovascular  promovendo também o ganho de força, resistência, flexibilidade, coordenação motora e  equilíbrio físico e mental.
 
===O sanshou como esporte de combate===
O estilo de combate Sanshou foi incluído nos Campeonatos Mundiais a partir de 1991, ano em que o primeiro conjunto de regras foi publicado pela Federação Internacional de Wushu. Fora o uso de equipamentos de proteção, sua principal diferença do combate real é o fato de não empregar técnicas de quebramento, tais como torções e golpes contra pontos críticos ou vitais como olhos, garganta, joelhos e genitais.
 
Leia mais: <nowiki>http://www.liganacionalkungfu.com/news/historia/</nowiki>
 
O Sanda está crescendo rapidamente em popularidade. Na atualidade, as competições são levadas em mais de 95 países no mundo inteiro.
 
Utilizador anónimo