Análise de sistemas: diferenças entre revisões

103 bytes removidos ,  21h59min de 7 de outubro de 2016
m
+correções semiautomáticas (v0.50/3.1.38); -tag sem sentido
m (→‎Formação: inclui links de referencia referente ao registro do Analista de Sistemas no CRA/CFA no Brasil)
m (+correções semiautomáticas (v0.50/3.1.38); -tag sem sentido)
{{Sem-fontes|data=agosto de 2009}}
<references />
'''Análise de sistemas''' é a atividade que tem como finalidade a realização de estudos de processos a fim de encontrar o melhor caminho racional para que a informação possa ser processada. Os analistas de sistemas estudam os diversos sistemas existentes entre hardwares (equipamentos), softwares (programas) e o usuário final.
 
Os seus comportamentos e aplicações são desenvolvidos a partir de soluções que serão padronizadas e transcritas da forma que o computador possa executar.
 
Os profissionais da área geram softwares (programas), que são executados em hardwares (equipamentos) operados por usuários (indivíduos), preparados e treinados em procedimentos operacionais padronizados, dotados de conhecimentos do software e hardware para seu trabalho. A partir de então a análise de sistemas é uma profissão cujas responsabilidades concentram-se na análise do [[sistema]] e na administração de [[sistemas computacionais]]. Cabe a este profissional parte da organização, implantação e manutenção de [[aplicativo]]s e [[rede de computadores|redes de computadores]], ou seja, o analista de sistemas é o responsável pelo levantamento de informações sobre uma [[empresa]] a fim de utilizá-las no desenvolvimento de um [[sistema]] para a mesma ou para o levantamento de uma necessidade específica do cliente para desenvolver este programa específico com base nas informações colhidas.
 
O profissional geralmente possui conhecimento adquirido em faculdades de [[Sistemas de informação]], [[Ciência da computação]], Análise de sistemas, [[Engenharia da Computação]], [[Processamento de dados]], [[Informática]], [[Licenciatura em Computação]] ou outros cursos similares, mas a ausência de restrições para o exercício do cargo permite a profissionais capacitados de outras áreas ou mesmo que não possuem educação superior cumprirem este papel nas empresas.
 
Como é uma ênfase, o foco e o núcleo de trabalho está voltado para o [[processo de desenvolvimento de software]], levando em conta a área tecnológica em que irá auxiliar. O analista de sistemas deve servir como um tradutor entre as necessidades do [[usuário]] e o programa a ser desenvolvido pelo [[programador]]. Para isto, deve ter conhecimento abrangente da [[área de negócio]] na qual o sistema será desenvolvido, a fim de que possa implementar corretamente as [[regras de negócio]].
==Formação==
[[Ficheiro:Classes and Methods.png|thumb|250px|Exemplo de [[código fonte]] em [[Java (linguagem de programação)|Java]], uma das [[linguagens de programação]] mais utilizadas.]]
 
== Formação ==
O '''tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas''' é um profissional de [[Ensino superior|nível superior]] formado em um Curso Superior de Tecnologia. Essa modalidade de [[graduação]] visa formar profissionais para atender campos específicos do mercado de trabalho. Seu formato, portanto, é mais compacto, com duração média menor que a dos cursos de [[graduação]] tradicionais. Sendo um profissional de nível superior, os tecnólogos podem dar continuidade ao seus estudos cursando a [[pós-graduação]] ''[[Stricto sensu]]'' ([[Mestrado]] e [[Doutorado]]) e ''[[Lato sensu]]'' ([[Especialização]]). A designação atual da [[profissão]] foi estabelecida pelo Decreto 2208 de [[17 de abril]] de [[1997]].
[[FicheiroImagem:Classes and Methods.png|thumb|250px|Exemplo de [[código fonte]] em [[Java (linguagem de programação)|Java]], uma das [[linguagens de programação]] mais utilizadas.]]
 
O '''tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas''' é um profissional de [[Ensino superior|nível superior]] formado em um Curso Superior de Tecnologia. Essa modalidade de [[graduação]] visa formar profissionais para atender campos específicos do mercado de trabalho. Seu formato, portanto, é mais compacto, com duração média menor que a dos cursos de [[graduação]] tradicionais. Sendo um profissional de nível superior, os tecnólogos podem dar continuidade ao seus estudos cursando a [[pós-graduação]] ''[[Stricto sensu]]'' ([[Mestrado]] e [[Doutorado]]) e ''[[Lato sensu]]'' ([[Especialização]]). A designação atual da [[profissão]] foi estabelecida pelo Decreto 2208 de [[17 de abril]] de [[1997]].
 
'''Análise de sistemas''' é a atividade que tem como finalidade realizar estudos de processos a fim de encontrar o melhor e mais racional caminho para que a informação possa ser processada. O analista de sistema estuda os diversos sistemas existentes entre [[hardware]]s (equipamento), [[software]]s (programas) e o usuário final, seus comportamentos e aplicações, desenvolvendo a partir de então soluções que serão padronizadas e transcritas da forma que o computador possa executar.
<p>
O Conselho Regional de Administração (CRA) conforme regulamentação do Conselho Federal de Administração (CFA), no Brasil, emitem a carteira profissional dos Analistas de Sistemas que tenham concluído o curso universitário com ênfase em Análise de Sistemas. <ref> [http://www.cfa.org.br/institucional/legislacao/resolucoes/2010/RN001510.pdf Registro profissional do Analista de sistemas no Conselho Regional de Administração (CRA/CFA)] </ref> <ref> [http://www.cra-rj.adm.br/registro/areas-de-atuacao/#1438622761632-cc65eac5-1a25 Áreas de atuação e Atividades tipicas do Administrador]</ref>
 
ONo Brasil, o Conselho Regional de Administração (CRA) conforme regulamentação do Conselho Federal de Administração (CFA), no Brasil, emitem a carteira profissional dos Analistas de Sistemas que tenham concluído o curso universitário com ênfase em Análise de Sistemas. <ref> [http://www.cfa.org.br/institucional/legislacao/resolucoes/2010/RN001510.pdf Registro profissional do Analista de sistemas no Conselho Regional de Administração (CRA/CFA)] </ref> <ref> [http://www.cra-rj.adm.br/registro/areas-de-atuacao/#1438622761632-cc65eac5-1a25 Áreas de atuação e Atividades tipicas do Administrador]</ref>
==Histórico do curso ==
 
== Histórico do curso ==
Visa formar um gerenciador de projetos de software, com forte tendência ao uso de softwares e linguagens multiplataforma. Como é o caso do [[JAVA|JAVA]] e [[PYTHON]].
A Informática ou Tecnologia da Informação é um componente indispensável nas organizações, na medida em que as soluções tecnológicas automatizam processos e são fonte de vantagens competitivas através da análise de cenários, apoio ao processo decisório e definição e implementação de novas estratégias organizacionais. Assim, cresce a preocupação com a coleta, armazenamento, processamento e transmissão da informação, justamente porque a disponibilidade da informação certa, no momento certo, para o tomador de decisão certo, é requisito fundamental para a melhoria contínua da qualidade e competitividade organizacionais, o que implica considerar a crescente relevância dos sistemas de informação baseados em computador.
 
A Informática ou Tecnologia da Informação é um componente indispensável nas organizações, na medida em que as soluções tecnológicas automatizam processos e são fonte de vantagens competitivas através da análise de cenários, apoio ao processo decisório e definição e implementação de novas estratégias organizacionais. Assim, cresce a preocupação com a coleta, armazenamento, processamento e transmissão da informação, justamente porque a disponibilidade da informação certa, no momento certo, para o tomador de decisão certo, é requisito fundamental para a melhoria contínua da qualidade e competitividade organizacionais, o que implica considerar a crescente relevância dos sistemas de informação baseados em computador.
Um sistema de informação pode ser definido tecnicamente como “um conjunto de componentes inter-relacionados que coleta (ou recupera), processa, armazena e distribui informações destinadas a apoiar a tomada de decisões, a coordenação e o controle de uma organização. Além de dar suporte ao processo decisório, à coordenação e ao controle, sistemas de informação podem também auxiliar gerentes e trabalhadores a analisar problemas, visualizar situações complexas, e criar novos produtos.” (LAUDON, 2004, p.7).
 
Um sistema de informação pode ser definido tecnicamente como “um conjunto de componentes inter-relacionados que coleta (ou recupera), processa, armazena e distribui informações destinadas a apoiar a tomada de decisões, a coordenação e o controle de uma organização. Além de dar suporte ao processo decisório, à coordenação e ao controle, sistemas de informação podem também auxiliar gerentes e trabalhadores a analisar problemas, visualizar situações complexas, e criar novos produtos.” (LAUDON, 2004, p.7).
Os sistemas de informação estão difundidos por todas as estruturas organizacionais, tornando-se ferramenta essencial de qualquer atividade empresarial. Tal abrangência aumenta a procura por profissionais com conhecimento para desenvolver, implantar e gerenciar sistemas que atuem no suporte às atividades operacionais e forneçam informações para auxiliar decisões gerenciais e estratégicas para a organização.
 
Os sistemas de informação estão difundidos por todas as estruturas organizacionais, tornando-se ferramenta essencial de qualquer atividade empresarial. Tal abrangência aumenta a procura por profissionais com conhecimento para desenvolver, implantar e gerenciar sistemas que atuem no suporte às atividades operacionais e forneçam informações para auxiliar decisões gerenciais e estratégicas para a organização.
 
Vislumbrando esse cenário, o Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas apresenta-se como excelente alternativa de formação profissional, indo ao encontro de um mercado de trabalho em franca expansão e carente de profissionais com sólida formação técnica e acadêmica, tanto na iniciativa privada – nos setores industriais, comerciais e de prestação de serviços – quanto nos órgãos públicos.
O Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas deve ser capaz de analisar, projetar, implementar, testar, implantar, avaliar, manter e gerenciar sistemas de informações para as organizações, com qualidade e em conformidade com as recomendações de usabilidade e segurança. O profissional estará apto, também, a iniciar seu próprio negócio de desenvolvimento e consultoria em sistema de informação, bem como continuar os estudos em cursos de pós-graduação (mestrado ou doutorado).
 
== Competências do Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas ==
* Construir [[algoritmos]] com padrões de qualidade e implementá-los em [[linguagens de programação]];
* Compreender os fundamentos da programação procedural e orientada a objetos;
* Compreender os modelos de estrutura organizacional, as funções empresariais e seus processos de negócios;
* Reconhecer a importância dos sistemas de informação para as organizações se estabelecerem de maneira competitiva;
* Reconhecer os benefícios e impactos das tecnologias de informação para a sociedade, com vistas a atuar de maneira ética e socialmente responsável.
* Compreender as características dos sistemas de informação operacionais, táticos e estratégicos no âmbito das organizações;
* Analisar, projetar, implementar e validar sistemas de informações para as organizações;
* Compreender os fundamentos da inteligência artificial e suas aplicações em sistemas de informação;
* Compreender os fundamentos teóricos e práticos de redes de computadores e de sistemas distribuídos;
* Planejar e especificar a infra-estrutura tecnológica capaz de suportar os sistemas de informações das organizações.
* Diagnosticar e mapear problemas e pontos de melhoria nas organizações, propondo alternativas de soluções baseadas em sistemas de informações;
* Auxiliar os profissionais das outras áreas a compreenderem como os sistemas de informação podem contribuir para as áreas de negócio;
* Liderar e participar de grupos de desenvolvimento de sistemas de informação; e
* Identificar oportunidades de negócio, criar e gerenciar empreendimentos relacionados a sistemas de informação e tecnologia da informação.
* Capacidade de criar testes após desenvolver o sistema
==Bibliografia==
*[http://www.editoraixtlan.com/livros.htm ''Análise Econômica de Sistemas de Informações.''] Editora Ixtlan. Autor : ''Sergio Kaminski.'' (ISBN 978-85-909374-7-0).
* Livro: Análise Estruturada e Especificação de Sistema, Série Yourdon Press, 12a. Tiragem, 1989, Autor: Tom Demarco, Editora Campus, ISBN 85-7001-544-5 <br>
* Livro: Análise Essencial de Sistemas, Métodos para Modelação da Essência de um Sistema, Considerando a Distinção entre Aspectos Físicos, Dados e Atividades Lógicas, Autor: Sthephen M. McMenamim/John F. Palmer, 1991, Editora Makron McGraw-Hill, ISBN 0-07-450453-3<br>
 
==Ver também==
*[[Faculdade de Tecnologia de São Paulo]] - (FATEC-SP)
*[[Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo]] - (IFSP)
*[[Análise de sistemas e tecnologia da informação]]
*[[Análise econômica de sistemas de informações]]
*[[Ciência da Informação]]
*[[Engenharia de software]]
*[[Ciência da computação]]
*[[Matriz CRUD]]
*[[Tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas]]
*[[Sistemas de informação]]
 
== Bibliografia ==
* [http://www.editoraixtlan.com/livros.htm ''Análise Econômica de Sistemas de Informações.''] Editora Ixtlan. Autor : ''Sergio Kaminski.'' (ISBN 978-85-909374-7-0).
* Livro: Análise Estruturada e Especificação de Sistema, Série Yourdon Press, 12a. Tiragem, 1989, Autor: Tom Demarco, Editora Campus, ISBN 85-7001-544-5 <br>
 
* Livro: Análise Essencial de Sistemas, Métodos para Modelação da Essência de um Sistema, Considerando a Distinção entre Aspectos Físicos, Dados e Atividades Lógicas, Autor: Sthephen M. McMenamim/John F. Palmer, 1991, Editora Makron McGraw-Hill, ISBN 0-07-450453-3<br>
 
{{Referências}}
 
== Ver também ==
* [[Faculdade de Tecnologia de São Paulo]] - (FATEC-SP)
* [[Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo]] - (IFSP)
* [[Análise de sistemas e tecnologia da informação]]
* [[Análise econômica de sistemas de informações]]
* [[Ciência da Informação]]
* [[Engenharia de software]]
* [[Ciência da computação]]
* [[Matriz CRUD]]
* [[Tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas]]
* [[Sistemas de informação]]
 
{{Engenharia de software}}
[[Categoria:Cursos universitários]]
[[Categoria:Ciência da computação]]
[[Categoria:Profissionais ligados à informática]]
[[Categoria:Análise de sistemas]]