Diferenças entre edições de "Riocentro"

394 bytes adicionados ,  22h06min de 26 de outubro de 2016
m
(+ barra)
== História ==
Inaugurado em [[1977]], foi projetado e construído especificamente para a realização de eventos de grande porte, tendo sediado, entre outros, a Conferência Internacional das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento ([[ECO-92]]), o 17º Congresso Mundial de [[Petróleo]] [[2002]] e a [[Rio+20]], além de sediar regularmente a [[Bienal do Livro do Rio de Janeiro]]. Era administrado pela [[Prefeitura (Brasil)|Prefeitura]] da [[Rio de Janeiro (cidade)|cidade do Rio de Janeiro]], mas foi privatizado para a empresa francesa GL Eventos sob uma concessão de 50 anos, durante os preparativos para os [[Jogos Pan-americanos de 2007]]. A GL promoveu uma reforma parcial, com planos para uma reestruturação global, a fim de ampliar o complexo futuramente.
 
Em [[1981]], durante o período da [[ditadura militar no Brasil]], houve um atentado conhecido como [[Atentado do Riocentro]], durante um show comemorativo do [[Dia do Trabalhador]]. Na época, o governo culpou radicais da [[Extrema esquerda|esquerda]]. Esse episódio marcou a decadência do [[Anos de chumbo|regime militar no Brasil]], que daria lugar ao restabelecimento da [[democracia]].
 
== Ver também ==