Diferenças entre edições de "Sistema Solar"

63 bytes adicionados ,  00h12min de 27 de outubro de 2016
Desfeita a edição 47057340 de 201.7.58.204
(ygg)
(Desfeita a edição 47057340 de 201.7.58.204)
| nome do planeta externo= [[Netuno (planeta)|Netuno]]
}}
O '''Sistema Solar''' compreende o conjunto constituído pelo [[Sol]] e todos os [[corpo celeste|corpos celestes]] que estãontralestão sob seu [[Gravidade|domínio gravitacional]]. A [[estrela]] central, maior componente do sistema, respondendo por mais de 99,85% da massa total,<ref> {{Citar periódico|titulo =The origin and evolution of the solar system|jornal =Astronomy & Geophysics|autor=Michael Woolfson|ano =2000 |volume =41 |numero =1 |paginas =1.12 |doi =10.1046/j.1468-4004.2000.00012.x |url =http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1046/j.1468-4004.2000.00012.x/abstract |idioma =Inglês |acessadoem =21 de fevereiro de 2014}}</ref> gera sua [[energia]] através da [[fusão nuclear|fusão]] de [[hidrogênio]] em [[hélio]], dois de seus principais constituintes. Os quatro [[planeta]]s mais próximos do Sol ([[Mercúrio (planeta)|Mercúrio]], [[Vênus (planeta)|Vênus]], [[Terra]] e [[Marte (planeta)|Marte]]) possuem em comum uma crosta sólida e rochosa, razão pela qual se classificam no grupo dos [[planetas telúricos]], ou rochosos. Mais afastados, os quatro [[gigantes gasosos]], [[Júpiter (planeta)|Júpiter]], [[Saturno (planeta)|Saturno]], [[Urano (planeta)|Urano]] e [[Netuno (planeta)|Netuno]], são os componentes de maior massa do sistema logo após o próprio Sol. Dos cinco [[Planeta anão|planetas anões]], [[Ceres (planeta anão)|Ceres]] é o que se localiza mais próximo do centro do Sistema Solar, enquanto todos os outros, [[Plutão (planeta anão)|Plutão]], [[Haumea]], [[Makemake]] e [[Éris (planeta anão)|Éris]], se encontram além da [[órbita]] de Netuno.
 
Permeando praticamente toda a extensão do Sistema Solar, existem incontáveis objetos que constituem a classe dos [[corpo menor do sistema solar|corpos menores]]. Os [[asteroide]]s, essencialmente rochosos, concentram-se numa faixa entre as órbitas de Marte e Júpiter que se assemelha a um [[cinturão de asteroides|cinturão]]. Além da órbita do último planeta, a [[temperatura]] é suficientemente baixa para permitir a existência de fragmentos de gelo, que se aglomeram sobretudo nas regiões do [[Cinturão de Kuiper]], [[Disco disperso]] e na [[Nuvem de Oort]]; esporadicamente são desviados para o interior do sistema onde, pela ação do calor do Sol, se transformam em [[cometa]]s. Muitos corpos, por sua vez, possuem força gravitacional suficiente para manter orbitando em torno de si objetos menores, os [[satélite natural|satélites naturais]], com as mais variadas formas e dimensões. Os planetas gigantes apresentam, ainda, sistemas de [[anéis planetários]], uma faixa composta por minúsculas partículas de gelo e poeira.
30

edições