Diferenças entre edições de "Tonico & Tinoco"

Sem alteração do tamanho ,  17h30min de 4 de novembro de 2016
e
(e)
O gosto pela música veio dos avós maternos Olegário e Isabel, que alegravam a colônia com suas canções, ao som de um antigo acordeão. A primeira canção que aprenderam foi “Tristeza do Jeca” em [[1925]]. Em 15 de agosto de [[1935]] fizeram a primeira apresentação profissional. Cantaram na [[Festa de Aparecida de São Manuel]], onde milhares de pessoas de todo o Brasil visitam o segundo Santuário dedicado à Padroeira do Brasil. Junto com o primo Miguel, formavam o "Trio da Roça".
 
Em [[1931]], Tonico &e Tinoco moravam em [[Botucatu]] ([[São Paulo]]), na fazenda Vargem Grande, de Petraca Bacci, com os pais, Salvador Pérez - um [[espanhol]] de [[Leão (Espanha)|León]], chegado ao [[Brasil]] criança, em [[1892]] e Maria do Carmo, uma brasileira. A exemplo de outras crianças da época, os dois garotos, mal aprenderam a falar, já eram cantadores das modas de viola. Aprendiam as letras com Virgílio de Souza, violeiro das redondezas.
Num baile que Tonico conheceu e apaixonou-se por Zula, filha do administrador da fazenda, Antônio Vani.
 
Utilizador anónimo