Tia Nastácia: diferenças entre revisões

1 byte adicionado ,  20h03min de 5 de novembro de 2016
m
Foram revertidas as edições de Alexanderpis para a última revisão de 2.24.221.70, de 15h29min de 22 de setembro de 2016 (UTC)
m (Foram revertidas as edições de Alexanderpis para a última revisão de 2.24.221.70, de 15h29min de 22 de setembro de 2016 (UTC))
Nas antigas casas de fazenda, como em muitas nas cidades, era comum a figura da velha matrona negra, solteirona, solícita e de pouca instrução.{{carece de fontes|data=Outubro de 2012}}
 
A figura de Tia Nastácia na maioria das [[ilustrações]] dos livros de Lobato, lembra um pouco um antigo [[estereótipo]] conhecido nos [[Estados Unidos]] como "Mammy"<ref>[http://www.ferris.edu/htmls/news/jimcrow/mammies/ The Mammy Caricature]</ref> hoje em dia considerado racista, geralmente representado por uma mulher gorda de pele escura, vestindo um avental com um lenço na cabeça, que normalmente é uma empregada doméstica, cozinheira, costureira ou enfermeira. Este estereótipo aparece em alguns desenhos animados antigos, como em um desenho da [[Disney]] de [[1935]] chamado ''"Os Três Gatinhos Orfãos"'' (''Three Orphan Kittens''), nos clássicos desenhos de [[Tom e Jerry]] dos [[Década de 1940|anos 40]] e peças publicitárias da época.
 
== A personagem ==