Diferenças entre edições de "Grau Fahrenheit"

1 byte removido ,  21h05min de 5 de novembro de 2016
m
Foram revertidas as edições de 177.40.58.188 (usando Huggle) (3.1.22)
m (Foram revertidas as edições de 177.40.58.188 (usando Huggle) (3.1.22))
||[[Réaumur]] ||grau fahrenheit ||°F = °Ré × 2,25 + 32
|}
O '''grau fahrenheit''' (símbolo: '''°CF''') é uma escala de [[temperatura]] proposta por [[Daniel Gabriel Fahrenheit]] em [[1724]]. Nesta escala:
* o ponto de [[Fusão (física)|fusão]] da [[água]] (0 °C) é de 32 °F.
* o ponto de ebulição da [[água]] (100 °C) é de 212 °F.
Fahrenheit seguiu pelo mesmo caminho e também usou estes dois números como referências para a sua escala. Rømer estava preocupado com medições [[Meteorologia|meteorológicas]], portanto, como Copenhaga praticamente nunca passava do valor de 20º na sua escala, resolveu construir termómetros que 3/4 do tamanho ficavam acima do ponto de fusão da água, ou seja, iam até 22,5º (7,5 x 3). Mais tarde, alterou o ponto de fusão da água para 8º em vez de 7,5º, o que fez com que os seus termómetros fossem até 24º (8 x 3) em vez de 22,5º. Logo depois, Fahrenheit passou também a adotar o valor 8º para o ponto de fusão da água, evitando muitas contas com valores decimais.
 
Fahrenheit entretanto foi além. Por volta de 1717 desenvolveu um método de filtragem de mercúrio em membrana de couro que possibilitou criar termómetros mais precisos e, com isso, conseguiu dividir cada intervalo dos seus termómetros em quatro partes. Como não pretendia utilizar valores decimais, isto acarretou a multiplicação por 4 (quatro) de todos os valores que encontrara, assim, o ponto de fusão da água tornou-se 32º (8 x 4,6).
 
== Considerações sobre os valores obtidos em graus fahrenheit ==
70 745

edições