Votação: diferenças entre revisões

55 bytes adicionados ,  01h04min de 6 de novembro de 2016
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 187.39.64.80 para a última revisão de Vitor Mazuco, de 14:03, setembro 19, 2016 (UTC))
A maneira mais comum de votação é aquela na qual há um conjunto com um número inteiro de opções e cada eleitor escolhe uma delas, ou seja, cada um vota na sua opção candidata preferida. A opção vencedora é a que receber mais votos.
 
A democracia do mundo moderno tem como premissa a existência de um corpo eleitoral periodicamente renovado e de um eleitorado composto por aqueles que têm direito de votar. Não há representação política sem [[eleição]].
 
O Brasil é um dos países que sustenta a [[voto compulsório|obrigatoriedade da votação]], ou seja, todo [[cidadão]] entre 18 a 70 anos deve comparecer às urnas no dia do pleito, onde pode escolher entre os candidatos, [[Voto nulo]] ou o [[voto em branco]] - voto não contabilizado - na [[urna eletrônica brasileira|urna eletrônica]]. O eleitor que não comparece ao pleito eleitoral<ref>[http://www.tre-sp.gov.br/duvidas/index.htm?votacao#p5, TRE-SP - Votação e Justificativa]</ref> deve justificar sua ausência, sob pena de multa caso não o faça. Quem não votar ou justificar o voto em três eleições seguidas tem seu [[Cadastro de Pessoas Físicas|CPF]] cancelado.
* [[Voto obrigatório]]
* [[Voto facultativo]]
* [[Sufrágio universal]]
* [[Sufrágio restrito]]
{{Div col fim}}
 
16 464

edições